quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

DESAFIOS DOS 30 E TAL - INTRODUÇÃO

Falta exatamente uma semana para eu entrar na meta dos 40. Uma semana menos umas horas, que fui rapariga de nascer de madrugada, já prometendo surpresas e "foras de horas". Na verdade, até o dia parece ter sido escolhido a dedo, semanas antes do previsto, mesmo umas horinhas no início de "peixes", signo que se enquadra bem na personalidade que haveria de formar.

Confesso que esta meta tem feito com que alguns dos meus macaquinhos dancem no sótão. Não posso esquecer que os "entas" entram e não saem mais e eu sou daqueles indivíduos que não se dá bem com rotinas e prisões perpétuas.
Na verdade, há meses que penso no dia 20 e que sinto alguma nostalgia e melancolia, associadas à ideia de que já não sou uma rapariguinha nova. (É que já não pertenço aos "jovens" e começo a falar sobre "na minha altura" (oh credo!!!!), apesar de me orgulhar de pertencer à tal "geração rasca" que ainda vai abrindo as portas aos velhotes ou dando-lhes lugar nas filas ou no banco do autocarro.)

Não escolhi regressar ao blogue com estes posts para falar de um passado longínquo, mas para marcar o final dos trinta com algo muito relacionado com o meu íntimo e com a energia que faz com que o sangue galope nas minhas veias: desafios!

Para além de todos os que me foram surgindo ao longo da vida, não interessa agora se muitos ou poucos, se fáceis ou difíceis, a verdade é que a segunda metade dos trinta me trouxe desafios inesperados ou pequenos sonhos que achei já não ir concretizar. Mesmo!

Podem parecer coisinhas pequenas e insignificantes, mas, para mim, foram desafios e hoje, a uma semana de sair dos trinta, o que acontecerá exatamente às 4h45 da madrugada, apetece-me contá-los e, com isso, revivê-los e agradecer por eles. Afinal, ainda há muito por fazer nesta vida e acredito que estes são apenas uma introdução ao que daí vem, ao que está ainda guardado para mim.
Ou não seja eu miúda de fugir de rebanhos e de correr contra as marés!!!! 😆


2 comentários :

  1. Gostei do tom do texto e gostei do sorriso simpático. Isto para mim é uma mensagem de esperança! Para o ano serei eu, com os 20's... Deve parecer ridículo, visto da sabedoria dos 40'as, mas cá para mim entrar nos 30'as também anda a meter respeito.
    Que esse espírito positivo continue, o segredo está mesmo nos pequenos desafios e vitórias. :) Vou ser mãe pela primeira vez e ele deve saír Peixes, vamos lá ver se partilha da mentalidade!
    beijinhos, Mia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde querida.
      Tenho tentado ao máximo manter o espírito, mas gostaria de ter começado logo aos 20's ou 30's.
      Que bom que é estar grávida!! Eu adorei das 2 vezes.
      SEu sou peixes e a minha filha também e garanto-te que será "boa gente"!!

      Eliminar