OS MEUS TRÊS AMORES

Quando os meus filhotes eram bem pequeninos, eu tinha um baby blog... era o meu cantinho de desabafo e pensei mesmo que o tinha perdido. Estava dentro de um clube de pais na internet (que entretanto terminou) e perdi-lhe o rasto.
Mas hoje consegui encontrá-lo e vou recuperá-lo.
Por isso criei esta página e vou copiar o diário digital para aqui! Que bom que tem sido redescobrir-me através dele!

(As mensagens mais antigas vão ficar mais abaixo)

Sexta-feira, 11 Novembro 2005

Matilde rabina
A minha Matilde anda muito rabina. Que mexida e activa é a gaiata! E eu a pensar que era só o irmão!
Agora que já gatinha ninguém a segura.
Ontem caiu da cama da avó. É só desviar o olhar um segundito a vesti-la e.. já está! Não pára a lindinha. Ficou com um belo galo na testa, mesmo no centro, negro e arranhado.
Agora também já se põe de pé agarrada a tudo. É só ver algo onde se agarrar, lá vai ela de mancinho feita gata, agarra-se e sobe. Neste momento está aqui comigo, que não pode estar sozinha nem por um bocadito. Que gira que estava há uns minutos atrás, agarradita à lareira a ver-se ao espelho! (Com a mãe-galinha segurando firmemente pela camisola!)
Ai que isto está complicado. Também quer escrever no teclado! LOL
Nas suas descobertas nem o telemóvel da mãe escapou. No outro dia alcançou-o e deixou-o cheio de baba! (Já não funciona o micro!)
Está rindo à gargalhada com a brincadeira de agora: põe uma meia na minha boca, puxa e eu faço "UI". Que entetida! (Temos de descobrir destas coisas para continuar aqui!)
O que vale é que tanta energia durante o dia resulta numa bela noite de sono!

Quarta-feira, 9 Novembro 2005

Pensamentos de Paulo Coelho
Adoro ler Paulo Coelho.
Quando sai um livro novo, compro logo assim que posso. Leio, delicio-me, penso muito. Sublinho frases e frases, deixo recados e palavras para mim mesma. Penso muito, se calhar até demais. Depois, quando me apetece, quando sinto que preciso, folheio os livros, páro e volto a ler o que sublinhei, recados sempre com algum sentido.
Há quem diga que não se escreve nos livros, não sou da mesma opinião. O livro é um amigo, um companheiro. Com os amigos há diálogo, há troca de ideias e de sentimentos. Eu faço-o com os livros. E apesar disso respeito-os muito, guardo, colecciono-os. Não os uso para decoração, apesar de os arrumar bem à vista de todos.
Ensinei o meu Simão a adorar os livros. A Matilde também já gosto um pouquito.
Vale a pena ler quando sentimos magia ao fazê-lo, quando nos deixamos envolver. Os livros de Paulo Coelho têm este poder em mim (como outros de que mais tarde falarei).

Beijocas e boas leituras

"Se ouvirmos a criança que temos na alma, os nossos olhos tornarão a brilhar. Se não perdermos o contacto com essa criança, não perderemos o contacto com a vida."
Paulo Coelho

"É melhor perder alguns combates na luta pelos seus sonhos, que ser derrotado sem sequer saber porque está lutando."
Paulo Coelho

Domingo, 6 Novembro 2005

Não estou nos meus dias!
Hoje não estou nos meus dias!
Não sei o que se passa, nem o que está por detrás deste aborrecimento, mas não me apetece estar em lado nenhum nem fazer coisa nenhuma. Por mim ficava era deitada todo o dia.
Bem, o maridão convenceu-me a vestir e fomos os 4 lavar os carros.
Até foi divertido. A Matilde foi com o pai e o Simão com a mãe. Ela ficou dentro do carro e ele andou fugindo da água. O pai e a mãe fizeram umas malandrices e molharam-se e ao pequeno tb. Como ria o meu Simão a fugir da água! No fim, o meu carro ficou muito mal lavado, mas pelo menos saiu o pó!
Depois fomos ao parque com os meninos e agora estamos esperando pelo almoço.
Logo à tarde vamos aos anos da Mariana.
Parabéns pequenita!

Quinta-feira, 3 Novembro 2005

Novidades em episódios
Olá!
Tenho andado muito ocupada e quase sem tempo para respirar. Todos os bocadinhos disponíveis, os “tempos-livres de mãe-professora-dona-de-casa de dois bebés”, são para brincadeiras e passeios com as crianças e o maridão e para preparar/construir materiais para os alunos. Que estafa!
No entanto, tenho novidades e notícias frescas, por isso vou contá-las hoje em episódios. LOL
Aproveito também para deixar aqui um beijão especial à minha mana, que tem andado muito cansada e para o seu bebé lindo, que já mede alguns milímetros. Sobrinho, a tia Mija está desejosa de te conhecer!
Episódio 1: Visita da Susana
No sábado à noite esteve cá em casa a amiga Susana, com o marido e a filhota Mariana, que no dia 6 de Novembro faz 1 ano. Vieram depois de jantar e estiveram um bocado. Foi muito bom estar com eles. Deu para conversar um pouco e socializar e as bebés brincaram juntas, explorando o “cesto dos brinquedos” da Matilde. O Simão gostou da Mariana! Andou a dar-lhe brinquedos e a fazer gracinhas. Só não queria que brincasse com os brinquedos da mana. Estranho! Costuma ser ao contrário! LOL.Quando se foi embora disse que ela era bonita. Recebemos um convite para a sua festa, que vai ser no próximo domingo à tarde. Foi bom estar com outros pais.
Episódio 2: Chuchas esturricadas
No Domingo aconteceu um acidente cá em casa! Depois de arrumar ao cozinha após o almoço, enquanto os pequenos estavam dormindo a sesta, pus as chuchas “suplentes” dos 2 a ferver. Nunca faço isto, pois utilizo o esterilizador, mas “deu-me” para o fazer. Vim para o computador, que está no meu quarto, pesquisar para escolher um sítio giro para sairmos quando acordassem e nunca mais me lembrei do que tinha ao lume. Estiveram mais de 1 hora a ferver! Quando me lembrei, já havia fumo na cozinha e na sala e nem sinal das chuchas, só o fundo da caçarola todo esturricado! Que stress! Abrimos as janelas todas, mas o cheiro começou a espalhar-se rapidamente. O Simão acordou e levámo-lo para a varanda no nosso quarto. Acordámos a Matilde e levámos os dois para casa da minha mãe, pois tivemos medo que o cheiro e o fumo lhes fizesse mal. Eu fui mesmo em pijama! Que cena! O meu pai ria da situação! Na altura não tinha graça, mas agora já ganhou alguma. LOL Que cheiro horrível ficou em toda a casa, na nossa roupa e cabelo e por todo o lado. Arranjámos logo uma saída gira para os 4: fomos dormir a casa da avó Mila e do avô Rui. Vim a casa com o maridão fechar as persianas mas deixámos as janelas abertas e voltámos para casa da minha mãe com a roupa para a noite e para o outro dia. Até foi engraçado lá ficarmos a dormir. O Simão adorou, pois dormiu com o pai e a mãe! Agora tenho uma pilha de cortinados e outras roupas da casa para passar a ferro, pois tive de lavar tudo. E ainda não saiu completamente o cheiro!
Episódio 3: Olá Daewoo Matiz!
Pois é, já tenho um popó!
-Gostas do carro da mãe, Simão?
-O Simão gosta. O carro da mãe é “piquinino”!
O meu carrinho já está estacionado na garagem e com as 2 cadeirinhas dos filhotes. Agora andamos com ele, que é para eu treinar com o pai-galo ao lado e perder o medo de conduzir. O maridão e o tio Rui foram buscá-lo na segunda-feira e todo o pessoal veio cá jantar para ver e experimentar. (Para que se entenda todo é igual àquele que ajuda com os filhos e que tem ajudado com as boleias nos últimos anos).
Obrigada pela paciência que têm tido com o meu “bloqueio emocional”! Agora prometo que não vou desistir e que estou empenhada em perder o medo.
Obrigada mãe, obrigada pai, obrigada mano e mana, obrigada cunhadinho. Têm sido impecáveis e incansáveis comigo e com os meninos.
Na terça já o levei quase até ao Casal do Marco, ontem até Palmela e até ao Jumbo de Setúbal e hoje até casa da avó Mila. Agora tem de ser devagarinho, para “ganhar confiança em mim”, como diz o avô Rui.
Deixo aqui uma foto do meu Daewoo Matiz preto que o meu mano tirou logo na segunda-feira.
Estou feliz e motivada. A minha vida e dos galinácios da casa vai ser muito mais fácil a partir de agora.
Episódio 4: A Matilde já gatinha
A minha bebé já gatinha. Ainda parece um sapinho dando saltos quando não consegue arrastarr as pernas, mas já dá muitos passos a gatinhar. E também já se põe de pé agarrada às grades da cama. Está cada vez mais fofo e desenrascada. Não tem medo de arriscar e é precisar estar sempre de olho nela. Quando a deixo sentada no chão, vai explorando o “pequeno mundo” à sua volta. Não tarda está a mexer-me dentro dos móveis e gavetas. LOL
O Simão começou logo a andar e passou a fase do gatinhar, por isso para mim agora é novidade ver a minha gata fofinha fazer das suas. É uma menina muito traquina, mas fácil de tratar. Está cada vez mais enérgica e engraçada e os progressos são notórios a cada dia. Não há é dentes para ajudar a devorar os bocadões de pão que põe na bola! LOL
Episódio 5: Ida ao Aquário Vasco da Gama
Na terça-feira começámos bem o feriado com um passeio a quatro logo pela manhã. Fomos ao Aquário Vasco da Gama ver os “peixinhos”. Estavam lá peixes gigantes, gigante, gigantes s e peixes piquininos (isto diz o Simão!). O Simão teve medo de uma baleia (de fibra) que estava logo à entrada. Depois adorou todo o resto. Ver os imensos aquários, procurar o Nemo e companhia limitada, o Mata-Turarões e companhia limitada, tartarugas, “focas”, dar comida às Carpas Japonesas, todos, todos, todos. A Matilde ficava colada aos aquários a tentar agarrar os peixes e pulava que nem uma doida. Os pintainhos adoraram o passeio. O pior foi vir embora! Tivemos de prometer uma paragem no “Maconhas” para comer um Happy Meal e depois voltámos para casa para dar almoço à mana. Dormiram a sesta descansaditos (ainda meio baralhados com a mudança da hora) e depois brincámos em casa, que o tempo não está para se ir para a rua.

Sexta-feira, 28 Outubro 2005

Cão que ladra, não morde
Oi!
Acabei de almoçar enquanto visitava os blogs e agora vou para limpezas, que esta casa bem precisa.
Meus pequenitos estão dormindo a sesta em casa da avó e o papá Hugo vai buscá-los às 17h, pelo que tenho de me despachar, mas não quis deixar de passar aqui para um desabafo.
Tenho me sentido um "Cão que ladra mas não morde".
É verdade, sinto isso.
Não sou muito boa em questões de autoridade. Grito demais, ralho demais, mas às vezes também cedo demais. Ou seja, quer com o meu Simão, quer com os alunos, ralho bastante para se portarem bem, quando fazem asneirada, falo alto e grito demais, e depois fico com pena deles. Esta é uma grande falha minha; tenho de a interiorizar e ultrapassá-la.
Se o pai-galo aqui estivesse já dizia: "Tu queres ser perfeita? Pára de exigires isso a ti mesma!", mas a verdade é que não é agradável ouvir, por exemplo, os vizinhos dizerem que "Só me ouvem a mim".
Tenho de ralhar menos e ser mais eficaz com os castigos e confesso que utilizo um pouco a escola para me treinar. Se ameaço com um castigo, tenho de os levar até ao fim! A escola é um treino para mim, pois gerir uma sala com 20 meninos é mais complicado do que uma casa com 2 bebés! LOL

Bem, quero deixar-vos aqui também uma mensagem muito importante:
IUPI! Estamos de novo todo o tempo com os nossos bebés!
IUPI! IUPI!

Beijocas grandes para todas

P.S. Duas novidades:
- Amanhã de manhã vou buscar o meu carrito! Deixa ver se é desta que me torno mais autónoma!
- Amanha à noite vem cá a casa uma amiga de longa data com o marido e a filhota de 11 meses. Estivemos zangadas 3 anos e agora fizémos as pazes! UAU

Quinta-feira, 27 Outubro 2005

Uma tarde bem preenchida
Olá!
Já começa a ser hábito almoçar em frente ao computador só para ter tempo para vir aqui escrever! LOL
Felizmente os meus 2 amorzinhos já estão melhores, quase bons. A Matilde ainda anda um pouquito entupida, mas já fica aflita durante o sono.

Ontem quase não dormiram sesta e só deixaram a mãe trabalhar 10 minutos.
A avó Mila veio tomar conta deles de manhã cá para casa, enquanto eu estava na escola, e depois fiquei cá com eles.
A Matilde tinha dormido muito de manhã e ficou a fazer-me companhia até às 15h. Desfrutámos uma da outra. O mano estava dormindo já a sesta quando cheguei. Deitei-a às 15h; ele acordou passado 10 minutos. Só coloquei uma imagem numa ficha e voltei a ficar acompanhada! LOL. Desfrutei dele e ele de mim. A mana acordou eram 15h45.
Pensei eu: Ai, ai, ai, tão pouca sesta vai dar mau resultado.
Conclusão: Vamos para o parque da urbanização os 3.
Resultado: Mãe muito carregada com a Matilde ao colo, uma manta para pôr no chão, uma mochila com o lanche, lenços de papel, chuchas e chave, um camião grande do Simão, para brincar no parque. Simão tentando também o colo da mãe, carregado com um balde e 3 pás.
Chegámos ao parque, brincámos muito os 3, lancharam e esperámos pelo pai, que depois também entro na brincadeira.
Chegámos bem sujos a casa às 17h30, lavámos mãos e caras e saimos para ir à Biblioteca. Estivemos quase até fechar e voltámos carregados de livros (para ler ao adormecer e a toda a hora) e um dvd.
Depois, o ritual do costume.
Bem, pode dizer-se que foi uma tarde preenchida e divertida. O trabalho é que ficou por fazer e também não foi à meia-noite, quando acabámos de dar um jeito na casa e de limpar a cozinha, que trabalhei. (O que vale é que esta professora planifica e prepara sempre tudo com muita antecedência!)
Agora vou trabalhar um pouquito até eles acordarem.
Estou com uma dor de cabeça enorme, mas tem de ser.
Deixo aqui uma foto dos pimpolhos da tarde de ontem , quando andaram a experimentar óculos antes de ir para o parque.

Domingo, 23 Outubro 2005

Pesadelos
Oi!
Daqui a umas horitas já estarei a trabalhar de novo e parece que foi há minutos que o fim-de-semana começou.
As últimas noites não têm sido fáceis, com os dois filhotes constipados e entupidos. Além disso, parece que o Simão tem tido pesadelos. Ainda na noite passada, estava eu fazendo trabalhos para a escola durante o sono deles, tive de ir ter com ele 4 vezes entre a meia-noite e as 2h20 da madrugada pois chamava muito aflito. 2 das vezes chamava por mim, mas não como é constume. Era como se estivesse a pedir ajuda. Noutra vez estava dizendo "mana, mana, mana", com a mesma aflição e em outra dizia "não, não, não" da mesma forma. Eu ia ter com ele, tocava nele, dizia "a mãe está aqui" e ele acalmava e parecia mesmo não acordar sequer. Pareceu-me mesmo que estava com um pesadelo. Depois destas 4 vezes assim, chamou-me muito aflito e disse que queria a cama da mãe, ai já acordado e visivelmente assustado. Tive de deixar de trabalhar e deitar-me com ele. (Também já estava mais do que na hora, mas é quando está tudo em silêncio que melhor me organizo para preparar as aulas).
Fico um pouco preocupada porque isto já tem acontecido várias vezes e porque não sei como reagir. Se vou, parece que estou alimentando um mau hábito; se não vou, ele vai despertando e acorda como da última vez, muito aflito, e não consigo que adormeça facilmente. Isto é um dilema muito grande, principalmente quando estão em jogo horas e horas de sono e, muitas vezes, em dias em que trabalho na manhã seguinte.

Sexta-feira, 21 Outubro 2005

Vou ser tia!
IUPI! IUPI! IUPI!
Vou ser tia!
Estou tão contente!
Recebi a notícia na quarta-feira à noite e tenho andado radiante! Finalmente vou saber o que é ser tia. Para Junho temos bebé novo na família! Que bom!
Já comprei uma chuchita para o meu sobrinho ou sobrinha, só para a minha irmã ficar já com uma coisita de bebé lá em casa.
Para ela aqui fica uma mensagem:

Fadinha, tens sido sempre a minha melhor amiga, companheira mais fiel, confidente. Tornaste-te uma heroina para os meus filhotes, sendo uma super-tia. Estás sempre connosco e podemos sempre contar contigo. Quero ter-te sempre junto a mim e ser a "super-tia" do teu bebé. Espero que ele goste tanto de mim como o Simão e a Matilde gostam da Tia Fafá. Eu vou amá-lo! Beijocas lindas e fofas

Quarta-feira, 19 Outubro 2005

Cansaço e falta de tempo
Olá!
Não sei se repararam, mas tenho andado desaparecida. A verdade é que não tenho tido tempo nenhum para aqui vir, ou melhor, tenho tido tanto que fazer e inadiável, que, à hora que me deito, já não tenho acção para ligar o computador.
Ando tão cansada que na segunda-feira à noite estava convencida de que já era sexta. Bolas!
Continuo à procura de carro e andar dependente de boleias e favores com os meus filhotes. Não posso meter-me numa despesa muito grande e isso reduz as hipóteses de escolha. Não há-de ser nada!
A minha turma é também muito exigente em termos de tempo. Há quem pense que os professores quase não trabalham, que têm óptimos horários e trabalham poucas horas. Sei que isso é uma opinião muito generalizada e se calhar há quem, na minha profissão, como em todas as outras, faça com que surjam estas ideias. Mas acreditem que nós trabalhamos muito mais do que as "5 horas" que toda a gente pensa. Além do tempo que tenho passado a trabalhar na escola, não há dia nenhum em que não dedique muito mais de 2 horas à escola, a preparar materiais para trabalhar com os miúdos, a planificar, a procurar estratégias para ir ao encontro daqueles que revelam mais dificuldades, sejam a que nível for, a corrigir trabalhos... Depois há o Projecto Curricular de Turma para fazer, materiais para construir (e comprar do nosso bolso muitas vezes, mas isso é outra conversa). Todas as coisas levam muito tempo, exigem muita dedicação e não ficam na escola (como em muitas profissões em que o trabalho que não se acabou fica na secretária para o outro dia). Pelo menos comigo é assim. Se não tiver tudo isto planeado, construído, preparado, não consigo trabalhar. Não é possível deixar para amanhã. Eles estão à nossa espera todos os dias e exigem que estejamos com eles a 100% e temos de dar o nosso melhor. Não é possível não "trazer a escola" para casa!
Bem, já não falando das pilhas de roupa para lavar e passar a ferro, a casa para limpar, refeições para planear e preparar, e todo o resto normal das famílias.
Não quero ser chata, mas precisava desabafar este meu cansaço.
Já estou aqui até há tempo demais, pois tenho muito para fazer enquanto os meus amores dormem a sesta.
Sinto mesmo que tenho de abrandar, pois não vou aguentar dormir apenas 5/6 horas todos os dias, 7 dias por semana. 
Agora os meus amores
Oi de novo!
Não queria deixar de falar um pouco dos meus amores. O tempo passado com eles é sem dúvida o mais rentável e bem empregue. Sempre que estão acordados, o mundo pára um pouco e tento ser só mãe dos 2 filhos mais lindos do mundo.
O Simão anda de novo com tosse. Parece que é alergias. Está enorme, muito fofo e meigo. Já tem um vocabulário muito elaborado e faz imensa companhia. Anda com alguns problemas com o sono e com a sua cama, que diz que "tem um cochão duro". Gosta mais do da mãe, mas não se pode habituar. A avó cortou-lhe o cabelo e parece mais rapazinho do que bebé. Foi uma tarefa muito complicada, digo já. Anda muito amigo da irmã, mas ainda mostra algumas fases de ciumeira. Continua a não querer lavar a cabeça e chora sempre um bocadinho nessa hora. Passa o dia a dizer "anda brincar mãe" ou "anda brincar avó" ou "anda brincar pai"... mesmo que estejamos a brincar com ele. LOL. Continua teimoso mas mimoso. Às vezes finge que não me ouve quando estou a falar com ele, se a conversa não lhe interessa. Já mostrou que consegue comer tudo sozinho e que era só para ser bebé que não o fazia e agora as nossas refeições já são um pouco mais fáceis. Continua a adorar livros e a ser muito conhecido na Biblioteca Municipal por isso mesmo. Parece que já esqueceu a Barbie, mas o Ruca e o Noddy não deixam de ter a sua caixa em cima da televisão. LOL
A Matilde está quase a gatinhar. Arrasta-se para todo o lado e quer é por-se se pé agarrando-se às coisas. Fez ontem 7 meses. É uma espertalhona, muito vivaça e alegre. Ri-se muito, quer conversa e tenta dizer adeus. Está enorme e gorducha. passa o tempo a querer comer e não pode ver ninguém a mastigar. Come tudo muito bem. Já come iogurtes há muito tempo e vou introduzir o peixe. Tem muitas cócegas e adora que o irmão se meta com ela. Ri-se de tudo o que ele faz e quer brincar com os brinquedos dele. Não dá tanta atenção a livros como ele dava já nesta altura, mas mostra-se muito atenta e persistente noutras actividades para a sua idade. Dorme bem e já não está constipadita. Está difícl arranjar-lhe sapatos, pois tem o peito do pé muito alto. É muito boa de se tomar conta e faz muita companhia também.
Amo mesmo muito os meus amores.

Segunda-feira, 10 Outubro 2005

Os miminhos dos manos
Olá! Passei por aqui por uns minutos para ver alguns blogs e comentários, enquanto bebo um cafezinho caseiro, e não pude evitar a vontade de deixar aqui uma foto dos meus pequenotes.
Eles estão cada vez mais "dependentes" um do outro. Ele é muito meigo com ela, apesar de ainda não a deixar brincar muito com os seus brinquedos, e quer dar-lhe miminhos a toda a hora. Ela fica doida quando o vê: pula, atira-se, quer chegar-lhe, tocar-lhe, nem que seja para lhe tirar a chucha. É emocionante ver os momentos de miminhos e brincadeiras entre os manos. São uns amores (quando não estão com birra!).

Domingo, 9 Outubro 2005

Mais um fim-de-semana
O nosso fim-de-semana foi porreirinho. Deu para estarmos juntos, desfrutar dos nossos bebés, arrumar algumas (poucas) coisas, passear um pouco, fazer refeições apetitosas, acordar às 7 horas como de costume (LOL – Não há hipótese!) e matar saudades da chuva.


Saídas:
-Fomos os 4 mais a tia Fafá à Biblioteca ver livros e escolher livros e dvds para o fim-de-semana.
-O Simão foi andar com o pai na bicicleta (sentado na sua cadeirinha especial).
-O pai, a mana e a mãe foram ao Freeport de Alcochete, enquanto o mano foi ao Parque de Vanicelos, em Setúbal, com o avô Rui e a avó Mila (experimentando o carro novo do avô).
-No Domingo fomos os 4 ao Chiquipark, em Setúbal, depois das sestas. O tio Pedro e a tia Fafá também foram connosco. Foi uma grande desilusão, pois estava fechado. Experimentámos outro parque (Eurolândia Park), mas o Simão não quis ficar lá muito tempo, pois não deixam os pais ficarem próximos da área de brincadeiras. Assim, fomos ver umas lojas e comprar uns miminhos para os filhotes.

Filmes:
-O paraíso da barafunda
-Os incríveis
-Todos gostam do Mickey
-Antz (só uns minutinhos)

Livros:
-3 da colecção da Barbie
-2 novos oferecidos pela tia Lili

Brincadeiras:
-Muitas, imensas, em todas as divisões, com todos os brinquedos, com todo o pessoal da casa, em todas as saídas.

Visitas:
-O avô Rui, a avó Mila e o tio Rui vieram buscar o Simão no sábado depois da sesta.
-A tia Lili, o tio Ricardo, a tia Fafá e o tio Pedro vieram passar a manhã e almoçar no domingo.

Negativo:
-Festa no andar de cima até às tantas no sábado à noite (com sapatos altos e risadas nos quartos) – Simão teve de adormecer na sala.
-A chuva não deixar brincar ao ar livre no domingo.
-O Simão andar aborrecidinho no domingo.

Positivo:
-Simão e Matilde já estão melhores da constipação e da garganta.
-AMOR, MUITO AMOR
Simão em limpezas
Este fim-de-semana o Simão participou em algumas limpezas. Ajudou, divertiu-se e aprendeu! LOL. Acho que foi positivo. Aqui fica a sua participação:
Mãe – Estenda a roupa e limpa a varanda; Simão – Põe o dedo na terra para ver se as flores têm água, põe mais terra nova nos vasos que já têm pouca e rega as flores (e o chão).
Mãe – Tira alimentos do congelador do combinado e passa para a arca, para descongelar o electrodoméstico. Simão – Ajuda a tirar os alimentos e a pôr no saco, raspa o gelo, põe numa chávena, faz magia e transforma o gelo em água (com a ajuda da mãe que põe a chávena no microondas).
Mãe – Lava o chão do quarto do Simão. Simão – Ajuda a mãe a torcer a esfregona.

Sábado, 8 Outubro 2005

Os pequenos mundos dos meus amores
Olá!
Cada um dos meus 2 amores mais pequenotes tem (felizmente) um pequeno mundo: o seu quarto. Nesse pequeno mundo, eles dormem que nem anjinhos todas as noites e algumas sestas, aquelas que não dormem em casa da avó Mila. Nesse pequeno mundo, eles brincam com os seus brinquedos preferidos e guardam todos eles e as roupinhas (quando não anda tudo espalhado por todas as divisões da casa!). Esse pequeno mundo está quase sempre de pernas para o ar, com roupas por arrumar, brinquedos espalhados e cama por fazer, mas é usado para eles se divertirem, terem miminhos, partilhar emoções... Posso agradecer a Deus ter um pequeno mundo para cada um dos meus filhos e tudo o que eles precisam para viver. Devo ainda mais agradecer por me ajudar a dar-lhes MUITO AMOR associado a tudo o resto.

É tão raro estes mundos estarem arrumados que, quando fiz limpezas, até lhes tirei uma fotografia. LOL

Filhotes, continuem a desfrutar de toda a casa (do nosso grande mundo), espalhando brinquedos, mudando a fralda em qualquer divisão, deixando bocados de bolacha e de pão em cima das camas e dos móveis, correndo, rindo, sendo felizes. Tudo em casa é vosso e ela existe em vossa função. Não importa se está sempre desarrumada se a sua música de fundo for a vossa voz, os vossos passos, as vossas brincadeiras, até as vossas birras e gritarias. AMO-VOS MUITO e quero que se sintam sempre felizes.

Quarta-feira, 5 Outubro 2005

Nova Barbie
Oi!
O Simão está meio doentinho.
Está com muita tosse e constipadito. Já falei com a médica pelo telemóvel e na sexta-feira vou ao consultório com ele. Agora só está a tomar brufen.
A Matilde está uma comilona! Não pode ver-nos a comer! Hoje foi pêro ao jantar. Ela janta antes de nós e depois acompanha-nos à mesa enquanto jantamos e vai pedindo petiscos. Está com umas bochechas!
Ontem o Simão foi a primeira pessoa do nosso clube de vídeo a ver o novo filme da Barbie - "Barbie e o Pégaso mágico". Adorou! Hoje já viu mais duas vezes inteirinho. Só não quis foi experimentar os óculos e ver a 3D. Também gostei de ver. Neste momento está ao meu colo a ajudar a carregar nas teclas do principe do filme.

Bem, vou deitar este pilinhas que amanhã é dia de ir para avó para a mãe e o pai irem trabalhar. A mana vai levar as vacinas dos 6 meses (se já não estiverem esgotadas como na semana passada! - Que vergonha!).
Beijocas grandes e gordas

Domingo, 2 Outubro 2005

Pinóquio

Quase me esquecia de contar...
Estava o pai galo, no outro dia, a tentar convencer o Simão a não vir mais para a cama do pai e da mãe:
Pai - O Simão não pode vir para a cama do pai e da mãe porque aqui há piolhos e depois o Simão fica cheio deles.
Simão (olhando com ar maroto)- Pai diz mentias, queche o naiz!
VIVA O PINÓQUIO
O nosso fim-de-semana
Oi!
Este fim-de-semana tem sido porreirinho.
Ontem, depois da sesta dos meninos, fomos ver a exposição "O mundo da barbie". Foi muito giro! Recordei algumas brincadeiras de criança. Eu adorava brincar com a Barbie. Passava o tempo fingindo que era ela. Brincava com a minha mana Fadinha. Que saudades. A Matilde andou sempre bem no carrinho e o Simão teve de ver a exposição ao colo, pois os expositores estavam muito altos para ele. Parece que gostou, mas andou foi sempre à procura do "Pinche" (Principe), que é como quem diz "Ken". Numa sala estava a dar o filme "Barbie e o Lago dos Cisnes" e tivemos de estar lá um bocado, apesar do Simão já o ter visto para ai umas 30/40 vezes. Ele era o único menino na sala, o que de início me "incomodou" um pouco. LOL. Mas pensei "que parvoíce a minha, não tem mal nenhum ele gostar do filme"! Começou logo mexendo nos meus cabelos, pois o "escurinho do cinema" deu algum sono.
Depois fomos brincar com lego e afins. O Simão adorou andar a brincar com carrinhos, o pai parecia um miúdo a construir com Lego e a Matilde não aguentava sossegadinha sentada e passou todo o tempo tentando levantar-se, gatinhar e segurar em tudo o que era brinquedos. Achei muita piada ao Simão, que ia buscar todas as bonecas para dar à mana. Até respondeu a uma miúda que lhe queria tirar um espelho e uma escova da Barbie "Não, são pa mana". LOL
Hoje fomos fazer um piquenique. Fomos de manhã e levámos almoço. Regressámos quando os dois meninos estavam já com muito sono e birras. (Agora estão dormindo a sesta!). O Simão brincou no parque, jogou, correu, apanhou pinhas e pinhões com a mãe e o pai... A mana andou também muito entretida tentando as acrobacias do costume e alcançando tudo. Ela é voltas e voltinhas, espernear, levantar o rabo... que rabina! Ainda estivemos um tempo os três deitados na tenda do Simão, com miminhos e preguiças. Foi muito gostoso!
Beijocas muito grandes
Boa semana de trabalho para todos

Quinta-feira, 29 Setembro 2005

Conversas do Simão
Olá!
Tenho andado sem muito tempo para aqui vir e também com muito sono e cansaço. Também tenho estado a adaptar-me às mudanças do site e a tentar por este blog mais ao meu jeito (nos pouco minutos que roubo a qualquer actividade para vir aqui). Agora passei só para deixar aqui umas "conversas malandras à Simão!". Depois voltarei para mais qualquer coisinha.
Beijocas a todos

2ªFeira- Na volta do Jumbo, no carro do pai galo, já perto da hora do jantar, vinha o Simão já aborrecido, passou todo o tempo dizendo:
- mãe, mãe, mãe, mãe…
Já estava a conseguir o seu objectivo, ou seja, aborrecer-nos também:
Pai - Oh filho, cala-te um bocadinho…
Mãe - Ou pelo menos diz outra coisa qualquer.
Simão - pai, pai, pai, pai…. (rindo, a gozar!)

4ªFeira- Estava a mana querendo fazer miminhos ao Simão, mas com a “brutidade” habitual e puxando-lhe os cabelos, quando ele levanta a mão e diz:
- Olha a mão do Ximão! Ta tau!

(Não sei quem estaria ele a imitar!)
 

Sexta-feira, 23 Setembro 2005

Bom fim-de-semana
OLÁ PESSOAL!
Vim para desejar a todo o Mundo um excelente fim-de-semana. Eu vou tentar aproveitar ao máximo todo o tempo para estar com os meus dois amores mais pequenos e com o grandão, se bem que o Simão vai passear com os tios Fafá e Pedro e com a avó Mila amanhã. Vão ao Jardim Zoológico. O Simão já lá foi connosco quando eu estava grávida da Matilde e adorou. Agora voltaremos lá os 4 quando a minha gordinha tiver 1 ano e tal, talvez no Outono do ano que vem, para que entenda e aproveite melhor. Mas, entretanto, o Simão vai ao "paque dos gofinhos" sem nós.  Vamos sair só com a Matilde, que também merece. Respeitando os ritmos dela, que ainda são muito diferentes dos do irmão, vamos aproveitar para disfrutar dela e ela de nós. Não sei é se vou aguentar todo o dia sem o ver. LOL.
No domingo já sairemos os 4 todo o dia. Se não for este fim-de-semana, no próximo gostava de os levar à exposição das Barbies. Alguém já foi vê-la?
Bem, vou dar um jeito nesta casa, que estão quase chegando os meus 2 amores maiores e a Matilde deve estar acordando da sesta. Hoje foi à Pediatra e está tudo bem. A médica diz que, se continuar no mesmo ritmo de desenvolvimento, mais um mês e está a gatinhar.  Vamos ver! O irmão não gatinhou, quis logo andar.
Beijocas muito grandes e um bom fim-de-semana para todos

Quarta-feira, 21 Setembro 2005

Chorar ou não chorar pela mãe
Olá! Boa madrugada!
Hoje tenho estado envolvida num dilema. Se ontem tivesse arranjado tempo para vir aqui escrever, faria uma conversa do estilo:
"Ainda bem que o Simão nunca chora quando o vou deixar à avó!". É mesmo. Na terça-feira, quando me foi deixar à porta da escola, no final da tarde, para eu ir à reunião de pais, o meu filhote chorou bastante. Claro que depois se calou logo, assim que abalou com o pai, mas aqueles momentos de choro, agarrado ao meu pescoço a dizer "na vai mãe, na vai" foram muito dolorosos para mim. Que corajosas são as mães que sentem isto muitas vezes quando os levam ao infantário e conseguem andar de cabeça erguida! Eu fiquei de rastos. Mesmo de rastos! E quase não o vi durante todo o dia, com o horário lectivo, mais o não lectivo na escola e mais a reunião. Quando eu tiver o meu popó vou aproveitar todos os bocadinhos entre estes horários para estar com eles.
No entanto, hoje senti "quase" o "inverso". "Pa caja da mãe não! - que frase dolorosa também! Sei que adora estar na avó, mas também gostava que expressasse que gosta de estar com a mãe, e não o contrário. Sei que quer é brincadeira e os miminhos e travessuras da casa dos avós, com tios babados à mistura, mas... Há dias em que nem ligo, noutros fico insegura. SERÁ QUE ISTO TAMBÉM ACONTECE ÀS OUTRAS MÃES? Talvez seja apenas uma equivalência da conversa: "Pa caja não!", quando veio da rua, farto de passear, junto com uns pais que adoram tanto sair quanto ele e que o levam a todo o lado. Dá para entender? Confuso, não?
Sei que os meus filhos me amam, mas preciso senti-lo todos os dias. E basta um daqueles beijos fofos do Simão ou lambidelas da Matilde para ficar reconfortada. QUE BOM!

Domingo, 18 Setembro 2005

Coincidências e outras histórias
OI!
Acontece com cada coisa! Ontem estavamos nós a comer uma sobremesa no McDonald's quando descobrimos um casal de irmãos com a mesma diferença de idades que os nossos, em que a menina era mais nova e chamava-se Matilde e o irmão chamava-se Simão. Que coincidência! E os nomes dos meus filhotes não são propriamente dos mais vulgares! A diferença é que eles tinham mais 6 meses do que os meus. Que coincidência!
O tempo para aqui vir escrever qualquer coisa é cada vez menor. O ritmo está a ficar cada vez mais frenético cá em casa e já começo a sentir-me novamente "aquela máquina". LOL (Esta é muito pessoal!) Bem, trabalhar com uma turma de primeiro ano é extremamente cansativo! Tão dependentes que eles são! Acho que vai ser muito giro ao longo de todo o ano, mas já me estou preparando para as calorias que vou queimar. Os meus filhotes também não são menos exigentes em termos de energia e terei mesmo de andar sempre organizada. Entrando no ritmo, começo por não ser capaz de fazer nada devagar.

Será que vou poder comprar o ATOS que anda debaixo do nosso olho? (Mau Maia, cu gaco já mia! - conversa do Simão no outro dia!) Deixa ver se consigo fazê-lo esquecer do "popó cô-iaianja".
Ontem fomos à feira da Moita e os meninos portaram-se muito bem. Foi cada um em seu carrinho e vendo tudo. A Matilde foi com o pai, sempre de olho aberto e fixo nas luzes. O Simão foi empurrado por mim e também ia muito interessado em tudo, inclusive em meter-se em todas as conversas. Estava gente a mais e ainda houve tempo para ir dar um beijinho a Aires à tia Fafá e ao tio Pedro.
A próxima semana adivinha-se bem cansativa, com 4 reuniões depois do horário lectivo: 1 minha e 3 do pai galo.
O tempo está mudando e tenho de ter muito cuidado para os meninos não se constiparem. Já nem sei bem o que lhes vista. Mantêm a manga curta durante o dia, pondo um agasalho de manhã cedo e desde o entardecer.  

Quarta-feira, 14 Setembro 2005

Mais palavras
Olá!
Antes de mais quero agradecer a quem me deixou ontem tão boas palavras de conforto. Obrigada novas amigas. Obrigada maninho por estares sempre por perto. Beijos
Hoje já estou melhor, apesar da dor de cabeça que me atormentou durante todo o dia.
Amanhã vou conhecer a minha turma e ter reunião com os pais. Estou um pouquito nervosa, mas surpreendida por não estar ainda mais. (LOL) Deixa ver se consigo dormir bem, o que não tem sido fácil.
Os meus filhotes estão uns amores, como sempre. A Matilde já se senta muito bem, rebola que nem uma doida e já revela uma enorme energia. Gosta de brincadeiras malucas, canções e de pôr tudo na boca (mesmo os brinquedos do irmão, mas só quando o apanha distraído). O Simão mostra progressos na fala todos os dias e já faz uma conversa muito bem feita. Até diz coisas que nos deixam de boca aberta. Ultimamente não pára de dizer que a mãe tem de comprar um "popó cô-de-lhalhanja". Deixa ver se me safo dessa cor tão berrante (e logo eu que gosto de passar despercebida!).
Hoje tomei banho com o meu atleta pequenino e demos uma bela banhoca ao Action Man e à Barbie. Que confusão já há outra vez na nossa banheira!
A mana parece que vai ser uma garota toda desenrascada e tem sido uma bebé mais fácil do que o irmão, apesar de não ter razões de queixa do meu primogénito. Comem os dois bem, dormem bem, não são de grandes birras (salvo excepções de ciumeira, de fome ou de sono). A experiência é que me tem ajudado a lidar de forma diferente com a Matilde. Desta vez já não vivo preocupada com a "morte súbita", por exemplo. Acho que sou uma mãe preocupada mas descontraída.
Bem, não quero chatear mais. O Simão já anda aqui de roda (está cansado de estar com o pai a ouvir o relato) e a Matilde também já não quer a cadeirinha. Está a chegar a hora de acalmar e preparar o ritual da caminha.
Boa noite e bons sonhos

Terça-feira, 13 Setembro 2005

Bem zangada estou hoje!
OI!
HOJE NÃO ESTOU PARA CONVERSAS! ALIÁS, ACHO QUE JÁ NINGUÉM ME PODE OUVIR HOJE. ESTOU CANSADA E MUITO CHATA. AMANHÃ É OUTRO DIA. DETESTO QUE ME PONHAM EM CAUSA! SERÁ QUE NÃO HÁ NINGUÉM QUE SEJA CAPAZ DE FAZER UM ELOGIO? SERÁ? A VIDA NÃO SERIA TÃO MELHOR SE FOSSEMOS CAPAZES DE DIZER AOS OUTROS AQUILO QUE APRECIAMOS NELES? BOLAS!BOLAS!BOLAS! QUE CHATA! EU ANDO TENTANDO SER MAIS POSITIVA E SEGURA, MAIS AUTO-CONFIANTE, MAS... AMANHÃ É OUTRO DIA.
BEIJOCAS SIMÃO
BEIJOCAS MATILDE
A MÃE AMA-VOS DE TODO O CORAÇÃO, ACIMA DO UNIVERSO.

Segunda-feira, 12 Setembro 2005

1ºDia de Escola
Olá!
O dia ontem foi em grande. Demos um belo passeio no Parque das Nações depois da sesta dos meninos. Andámos no teleférico e depois percorremos todos os jardins e recantos na volta a pé. O Simão adorou todo o passeio e, como sempre, não queria voltar para casa. Adora passear este meu filho, parece que sai alguma coisa a esta mãe. LOL (Pa caja não, pa caja não!)
Hoje voltei à escola e até gostei. Quer dizer, tirando o facto de me ter custado deixá-los em casa da avó de manhã e de ter pensado neles todo o dia! De manhã tive reunião. Depois fui almoçar com os meus anjos à casa da mamã e fiquei com eles até dormirem a sesta. Voltei depois à escola para organizar o processo dos miúdos e tentar organizar a sala. Não deu tempo para nada! Valeu foi pela conversa com uma encarregada de educação, mãe de uma aluna com Necessidades Educativas Especiais, que se mostrou um amor. Parece que vai ser fácil articular com ela o currículo da pequena.
Bem, o maridão apareceu às 5h, fomos buscar os meninos e ficámos no parque durante um tempo. Ainda deu para ir com o Simão brincar um pouco para a rua, para ele andar na sua motinha a motor, e ensinar-lhe o jogo da sardinha com as mãos. Depois, o ritual do costume.
Agora resolvi deixar aqui umas palavrinhas para vos contar como foi o primeiro dia de trabalho. Obrigada pelo vosso apoio. Gostei dos comentários de "Força!".
Bem, vou ver um pouco do filme "Em busca do vale encantado" com o Simão para depois voltar ao ritual e colocar o pessoal na cama.
Beijocas

Sábado, 10 Setembro 2005

Quase de regresso ao trabalho
Olá!
Estou desfrutando do último fim-de-semana antes de começar a trabalhar. Quero aproveitá-lo ao máximo e sinto-me muito ansiosa em relação a segunda-feira. Desde que o Simão nasceu que não tenho turma e ir iniciar com um 1.ºano já na 5ªfeira deixa-me algo nervosa. E pensar que a partir de segunda já não estarei com os meus bebés todos os dias?!?!? Ai ai. Vai custar-me mais a mim do que a eles, que vão para casa da avó Mila. Tudo isto só faz é com que me entusiasme com a condução e me agarre à ideia de que desta é que vai ser mesmo. O medo vai ter de abalar porque os meus filhotes são muito importantes e quero passar com eles a maior parte do meu tempo. A tarde vai ser nossa pequenada! LOL
Hoje andámos por aqui com limpezas e brincadeira durante toda a manhã. Isto de limpar com os dois bebés cá em casa tem muito que se lhe diga! E logo ontem é que o Simão se lembrou de querer acampar na sala e de insistir "pai, vai escar os cochons!". Claro que a nossa sala ficou meio selva, para já não falar no resto! O quarto do Simão não estava nada melhor e foi dia de aproveitar para mudar a cama de lugar e organizar brinquedos.
Antes do almoço, o Simão foi com o pai ao parque, onde gastou algumas energias. Fácil foi recuperá-las ao almoço e as pilhas duracel voltaram ao seu melhor. Hoje não dormiu a sesta. Não quis dormir e aproveitámos para tentar organizar os seus sonos, já que andava a adormecer perto da meia-noite e a acordar mais tarde de manhã e há que prepará-lo para começar nova rotina na segunda-feira. Deitou-se às dez e tal e a mana também.
Enquanto a mana dormia a sesta à tarde e o pai e a mãe arrumavam a cozinha, o filhote esteve vendo o "Bocas" e o "Noddy". Depois foi brincar um pouco para junto da mãe e, como acontece às vezes, fez demasiado barulho e a mana acordou. Arranjámos lanche para os miúdos e fomos até à praia brincar um pouco. Quando o sol se escondia, ficava frequinho e a Matilde teve de ir mais agasalhada pois está um pouco constipadinha. E eu também!
Na volta para casa, adormeceram os dois no carro e a mãe aproveitou para treinar um pouquinho. Já se notam alguns progressos, pelo menos ao nível da confiança.
Bem, depois foi o costume: banhos, jantar (hoje borreguinho!) e rituais de sono.
Ah, mas houve duas diferenças: o Simão andou ajudando a mãe com os vidros das varandas e a mana só adormeceu depois com a mãe. Foi um dia em cheio e amanhã também deve ser.
Beijocas e bom fim-de-semana
P.S. AGORA VOU VER UM FILME COM O PAI GALO. AMO-TE MÔR!

Sexta-feira, 9 Setembro 2005

Saudades

Boa Tarde!
Estive vendo fotos com o Simão. Como é que o último ano da minha vida passou tão depressa! Socorro! Vida, anda mais devagar!
Tenho mesmo de aproveitar cada bocadinho, cada momento, cada dia, cada etapa da vida. Ela é tão curta e corre tão rápido!
Que saudades já tenho de tudo o que já passou. Que saudades de ser criança, de brincar com a minha amiga mais fiel, a minha mana querida! Que saudades de tomar conta do meu menino Ruizinho, de vê-lo crescer. Já és um homem, mano. Um homem bom e lindo. Que saudades! Brinca comigo de novo.
Obrigada a todos por tudo, por toda a alegria.
Hoje estamos os três murchinhos e parece que o pai galo também anda meio assim.
Vou almoçar com os filhotes.

Quinta-feira, 8 Setembro 2005

Cansaço
Oi! Estou cansada. Acho que nunca transpirei tanto em toda a minha vida como nos últimos meses.
Vou tentar mexer nos materiais da escola nestes (provavelmente) últimos minutos da sesta dos pequenos.
Tenho também de arranjar uns minutinhos para escrever novidades e notícias nos cadernos deles. Sei que um dia mais tarde vão gostar de os ler. Pode ser que seja desta que o papá Hugo lá escreva também qualquer coisa. Talvez logo à noite haja tempo, depois dos dois estarem quentinhos em suas camas.
Tenho andado a pensar: há quanto tempo não dou um abraço à minha mãe! Ela aqui tão perto, sempre presente em minha vida e os momentos de afecto tão mais raros. Tenho de resolver isto, já que adoro os abraços dos meus filhos.
Beijos grandes para ti SUPER-AVÓ!

Quarta-feira, 7 Setembro 2005

Umas palavrinhas
Olá!
Já deitei os meus meninos e tive de vir aqui deixar umas palavrinhas.
Hoje foi uma manhã agitada, mas tudo começa a ser mais fácil de gerir. Não deixa de ser cansativo ter dois filhos com idades próximas, mas acho que vai sendo cada vez menos complicado. Já ganhei genica e truques e tudo começa a compôr-se. Já começam a respeitar os ritmos um do outro e eu a aprender a não stressar quando não consigo chegar aos dois ao mesmo tempo. 
O Simão está um crescidote. Cada vez mais responsável e amigo.
A Matilde está começando a "abrir o olho" e não se fica atrás em esperteza. Também é meiga e brincalhona. No fundo, os dois revelam muita personalidade. Tenho muito orgulho neles.
O pai babado também anda muito bem. Depois de alguns desencontros e divergências de opinião, tão próprios num casamento quando surge a necessidade de adaptação a algo novo, tudo parece estar a encaminhar-se, a seguir o rumo certo. Já somos de novo uma equipa coesa e genial. Educar os filhos é nossa prioridade e para isso o AMOR que nos une é marca cá em casa.
Adoro-te Hugo por seres assim tão especial.
Cá em casa tudo se divide: trabalho, direitos, deveres, despesas, alegrias e novidades. Até as saídas e passeios geralmente são a 4! LOL
Andamos já é a "planear" a nossa organização a partir de 2.ªfeira, para conseguirmos chegar a todo o lado, estabelecendo, claro, prioridades. Temos mesmo de estar organizados quando eu começar a trabalhar, para não haver falhas de maior nem desentendimentos, já que, com dois filhotes tão pequenos, a monotonia não existe e a surpresa é uma constante. Parece que já consegui convencê-lo a fazer o jantar 2 vezes por semana, enquanto dou banhos aos meninos. Trocaremos papéis nesses dias. Te amo tanto meu terceiro amor!
Bem, tenho de ir olhar por esta casa que não pára arrumada nem limpa nem por meia-hora.
Beijocas especiais para os meus três amores
E outras para quem gosta de dar uma olhadela aos meus desabafos.

Terça-feira, 6 Setembro 2005

Só com a Matilde
Oi!
A Matilde anda a aprender a dar "peidinhos" com a boca e agora não quer outra coisa. Agora ainda há mais baba por todo o lado. LOL
Hoje não sei o que tem. Anda sem querer dormir. Ainda não quis fazer a sesta, a malandra.
Eu sinto-me incompleta sem o meu Simão cá em casa. Foi passar a tarde com os avós paternos e deixou o meu coração meio sem graça. Falta um pedaço de mim e o dia parece que já não corre da mesma maneira.
Vou ver se adormeço esta pequena que está rabujenta.
Ser mãe é...
Olá de novo.
Consegui adormecer a Matilde e voltei só para deixar aqui um excerto de uma história retirada do site da APFN que me deixou com lágrima no olho e a adorar ainda mais ser mãe. Espero que gostem. Vou voltar às minhas lides e tentar organizar alguns materiais para a escola, pois o ano escolar está quase a começar. Dorme bem filhota linda!
 
"Sorrisos, abraços, beijos a toda a hora, colos pedidos , colos perdidos, ciúmes, afagos, palavras doces, palavras tontas.
Ser mãe é ser isto tudo com um sorriso, sem deixar de ser bonita, alegre, dedicada.
É perder a paciência, levantar a voz, dar uma palmada.
Ser mãe é ensinar a colorir, a brincar, a lutar, a amar. Ser mãe é ler histórias, ouvir a mesma música 10 vezes, o mesmo filme outras tantas e mostrar sempre algo de novo, algo diferente com emoção, com verdade, com amor.
Ser mãe é sentirmos orgulho de nós próprias e de quem estamos a ajudar a crescer, é sentirmo-nos responsáveis pelos gestos, pelos actos, é rirmos às escondidas de respostas na ponta da língua, fazendo cara séria só para contrariar.
Ser mãe é também saber ser filho, é ser pequeno outra vez e compreender, lembrar, que fomos assim um dia com as mesmas brincadeiras, distrações, birras, frustrações. É saber descer do pedestal e sermos crianças.
Ser mãe é ser-se tentado a deixar-se levar pela chantagem que tão bem eles sabem fazer, é dar miminhos quando o arrependimento vem, sabendo de antemão que irão fazer o mesmo outra vez, é não ligar, não ouvir quando queremos parar de ralhar, de dizer não, de dizer basta.
Ser mãe é estar presente mesmo quando ausente, ser mãe é ser tudo é se ser completa."
Segunda-feira, 5 Setembro 2005
Apresentação
Olá!
O meu nome é Marisa e sou muito feliz. Sou casada com um homem bom, um marido excelente e um pai quase perfeito. (Tudo num só, claro!) Sou mãe de dois bebés: o Simão, que fez 2 aninhos em Julho, e a Matilde, uma bebé amorosa de 5 meses. São dois bebés saudáveis, lindos e meigos. São a razão da minha vida e transformaram os meus dias em verdadeiras revoluções de emoções. Sou uma pessoa diferente desde que sou mãe, para melhor. Penso até que sou uma professora melhor também, pois a maternidade leva-nos a olhar o mundo com olhos de ternura e esperança.
Bem, tenho os dois pequenos a dormir a sesta e tenho de aproveitar para pôr umas coisinhas em ordem. O tempo não chega para tudo.
Espero que este blog me ajude a levantar a cabeça quando estou mais deprimida e cansada e que registe os mais importantes momentos das nossas vidas.
Final de dia por aqui

Boa noite. O Simão está aqui comigo, mas amuado. Quis escolher uma imagem para colocar aqui e fiz-lhe a vontade, mas como não o deixo mexer no teclado "amarrou o burro". Já lhe passa!

Este é o Simão e a mana a andar de "bichiqueca". LOL

Acabámos de jantar e tivemos de vir os dois aqui para o quarto, que a mana está a beber cerelac e não pára de o seguir com os olhos. Mal ouve a sua voz, vira-se à procura e já nem liga ao biberão. O pai é que agradece nós desaparecermos de junto deles por minutos.

Agora vamos tirar cocós e brincar um pouco os 2 e já nos voltamos a juntar os 4, para desfrutar dos últimos momentos do dia. Depois, vamos deitar os meninos. Lavar dentes, contar história e adormecê-los (pai-Matilde e mãe-Simão).

Depois vem o pior. Cozinha para limpar, casa para dar um jeito e roupa, muita roupa para passar.

Até amanhã!

Sem comentários :

Enviar um comentário