terça-feira, 11 de abril de 2017

SAUDADES DO MEU CABELO #01

Vai já fazer 3 anos que o meu cabelo começou a cair.
Na altura, não liguei muito. Caía mais do que era costume, mas estávamos no final da primavera e toda a gente dizia que era daquela altura do ano. Depois veio o outono. As folhas caem... Os cabelos (parece que) também.
Quase um ano passou. Certo que havia alturas em que caía mais e noutras menos, mas o que me fez ganhar vontade de mostrar a um especialista foi não estar a nascer e começar a dar comichão.
Além da queda de cabelo, naquela fase tinha também manchas no corpo, com pequeninas borbulhas... Parecia equizema ou alergia. Dava muita comichão. Mesmo assim fui adiando as idas ao médico...
Quando finalmente fui, o dermatologista disse que tinha a pele demasiado envelhecida, associou os dois problemas na pele e passou tratamento.
As manchas não passaram. A comichão acalmou. As peladas continuaram como pequeninos ringues de patinagem para piolhos infantis.
Outro dermatologista... noutro hospital... Finalmente um exame mais do que visual... "liquen plano" como diagnóstico. Novo tratamento.
As manchas no corpo desapareceram e a comichão no couro cabeludo passou.
Durante um tempo andei "tranquila", apesar de continuar com a tal normal queda de cabelo.
Passaram uns meses e a comichão voltou.
Nova consulta. Novo médico, porque entretanto a anterior deixou de trabalhar no hospital. Mais observações e um tratamento. Causa provável para grandes peladas à volta das orelhas e várias no resto da cabeça: lúpus.
Desapareceu a comichão, acalmou o desconforto e só o espelho me lembrava que algo não estava normal. (Sim, porque ao ralo completamente tapado em cada banho acabei por me habituar!)
Não fui fazer as análises que me foram passadas... não voltei lá a mostrar o resultado... desleixei-me, desliguei-me, acomodei-me... Acho que, na minha cabeça,  estava muito a ideia de ser uma herança do meu avô e agi sempre inconscientemente.
Mas chega! Tenho de voltar ao médico. Tenho de fazer alguma coisa para ter o meu cabelo de volta.
Tenho saudades de ter muito cabelo.



1 comentário :

  1. Em primeiro lugar devo dar-lhe os parabéns pois não é fácil falarmos do nosso aspecto exterior, quer seja por uma doença ou não.
    Acho importante estes testemunhos para alertar as pessoas e quem sabe conseguirem agir logo.
    Desejo as melhoras.

    ResponderEliminar