terça-feira, 9 de agosto de 2016

"DIÁRIO DE UM REPOLHO", DE VANESSA CARDOSO

Aguardava uma consulta numa sala de espera quando peguei no livro "O Diário de um Repolho", escrito por Vanessa Cardoso, que me foi oferecido pela Chiado Editora.
Escolhi-o por companhia naquele fastidioso acontecimento por ser pequeno e leve, por ter um design apelativo e por ter um narrador muito especial: um bebé!

O "repolho", João de nome verdadeiro, é ao mesmo tempo contador e personagem principal desta história, alegremente contada na primeira pessoa, em forma de diário pessoal.
A autora desta pequena obra, conta, assim, o primeiro ano de vida do seu bebé, falando de tudo o que o envolve, como as evoluções físicas e intelectuais, as reações à e da família, as primeiras maleitas e descobertas, os sentimentos, as vivências, o quotidiano... Tudo contado na perspetiva do pequeno ser.

Gostei bastante de ler este pequeno livro, que me proporcionou uma hora divertida e de boas memórias.
Foi muito agradável recordar desta forma o primeiro ano dos meus filhos e delicioso imaginar cada um deles a contá-lo aos outros.

Acho a ideia fabulosa e cativante, apesar de não ser um caso único na literatura nacional e internacional.

O design do livro é muito apelativo e a escrita simples e bastante acessível, podendo reunir à sua volta pais e filhos e, até, estar na base de boas conversas entre gerações, suscitando partilhas de memórias entre todos.

Sem comentários :

Enviar um comentário