terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

CONHECER ANTIGOS BRINQUEDOS PORTUGUESES

Está patente em Palmela, na Biblioteca Municipal, uma magnífica exposição de brinquedos portugueses antigos, pertencentes ao espólio do colecionador Hélder Martins, que mostram a evolução dos brinquedos e das brincadeiras em Portugal.

Esta exposição, uma organização conjunta da Câmara Municipal e do próprio colecionador, inclui um total de 160 peças, uma pequena parte das cerca de 15 000 que compõe a sua coleção, que divulga um património muito rico e pretende sensibilizar para a recuperação e preservação do brinquedo tradicional português.
Datam de 1860 e 1880 as peças mais antigas expostas, respetivamente uma boneca de massa de pasta de papel e um fogão de chapa, sendo a mais atual de 1994 (um cavalo de madeira esmaltado)

Desta forma, é possível visualizar (e até refletir sobre) a forma como evoluíram os brinquedos de cariz popular ao longo dos últimos 150 anos, reconhecendo os que fizeram as maravilhas dos nossos pais e avós e comparando-os com os nossos e os mais atuais.

Esta é uma exposição que decerto agradará a visitantes de todas as idades e poderá estar na base de conversas e histórias entre gerações, partilhando memórias, revivendo épocas, estimulando a imaginação e ligando avós, pais e filhos em torno das brincadeiras preferidas.
 
A inauguração desta exposição em Palmela decorreu no passado dia 23 de novembro pelas 17h e eu tive o prazer de estar presente. Ao colecionador Helder Martins juntaram-se amigos, representantes do poder local e muitos curiosos (como eu). 
Na abertura falou-se sobre a importância de conhecer e valorizar o brinquedo tradicional, num ambiente descontraído e acolhedor, animado por um apontamento musical a cargo do violinista Miguel Teixeira Vaz, terminando com fogaças e moscatel, os sabores locais privilegiados. 
A exposição estará patente na Galeria da Biblioteca Municipal de Palmela até ao dia 9 de abril, com entrada gratuita, aberta ao público das 10h30 às 19h (3.ª, 5.ª e 6.ª feira) ou das 14h às 19h (4.ª feira e sábado).

Vale mesmo a pena visitá-la!!



 
  
 

2 comentários :