domingo, 17 de janeiro de 2016

RODA O LIVRO 3 - "POR TI, RESISTIREI"

O terceiro livro do desafio RODA O LIVRO a chegar a minha casa foi escrito por Júlio Magalhães, escritor e jornalista bem conhecido no mundo literário e televisivo, que centra as suas estórias em períodos marcantes da História.

"Por ti, resistirei" não é exceção e a sua ação decorre durante a 2.ª Guerra Mundial, abordando vários aspetos deste período que destruiu ou marcou para sempre a vida de muitas pessoas.

Carlos é um português de famílias influentes que, procurando evitar entrar no mundo de negócios do pai, vai estudar para Paris e se dedica ao que mais gosta: o desenho.
Nicole é uma enfermeira francesa que sonha usar a sua profissão em prol dos que sofrem com a guerra.
Os dois conhecem-se em Paris e apaixonam-se de imediato, mas o seu amor acaba por ser comprometido por atitudes preconceituosas e acontecimentos marcados pela guerra.

Foi o primeiro livro que li de Júlio Magalhães e tenho de começar por dizer que adorei a forma de escrever deste jornalista. A sua escrita é cativante e fluída, romântica sem deixar de ser realista, rica em diálogos e de fácil e rápida leitura.
A história do livro é muito bonita, sem ser lamechas, está cheia de momentos quase "visíveis" e mostra uma excelente articulação entre os factos da História e a ficção.
A organização do livro está muito bem conseguida e facilita bastante o acompanhamento do romance, uma vez que os capítulos correspondem a locais e datas específicas, ajudando o leitor a enquadrar o que acontecendo com os eventos históricos de uma guerra que mudou o rumo do mundo.

Só gostaria de referir um pormenor menos positivo: a sinopse que se encontra na capa traseira do livro está demasiado completa, referindo a maioria da história e retirando o factor surpresa a quem a ler com atenção. Eu preferi largá-la após algumas frases...



A OPINIÃO DA SOFIA AQUI:

 Esta é uma história que não me prendeu logo nas primeiras páginas, mas à medida que fui conhecendo melhor as personagens, foi sendo cada vez mais cativante. Apesar de ter encontros e desencontros ao longo da história, este é um enredo simples, o que torna um livro de leitura fácil e agradável. Passa-se numa época muito conturbada da história da humanidade, mas como em muitos outros livros, mostra-nos que nem em tempos de guerra o amor deixa de existir e que por isso nunca devemos desistir dele.

2 comentários :

  1. Também foi o primeiro livro que li deste escritor e adorei, para mim foi o melhor dos 4 que fizeram parte do desafio. Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carina.
      Também foi o que mais gostei. 5 estrelas!!
      Beijocas

      Eliminar