quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

NOVA PARCERIA - "CAPITAL BOOKS", UMA EDITORA COM VISÃO

Há já algum tempo que este meu cantinho na blogosfera tem uma nova parceira no mundo editorial, da qual muito me orgulho e que sinto a honra de representar: a CAPITAL BOOKS.

Esta editora assume-se completamente do lado do escritor, que considera ser a peça fundamental do mundo editorial, identificando-se como "uma empresa profissional com uma visão abrangente do que é uma verdadeira edição".

Com a Capital Books, os autores acompanham todo o processo de edição das suas obras (revisão, design, preços, vendas...) que chegam aos leitores em diferentes formatos (papel e digital).

No seu catálogo de obras, esta editora inclui livros de diversos géneros e temáticas: ficção, poesia, crónica, infantil, juvenil e técnico. Do catálogo venho sugerir aqueles que mais chamaram a minha atenção, os quais gostaria de ler e dar a conhecer a todos.


Título: "Afogados no Nevoeiro"
Autor: Hugo Simões
Sinopse: Quando dois casais de amigos, Patrício e Jéssica e Jimmy e Rita, terminam os cursos superiores, decidem tirar uns dias num abrigo de montanha, para descansar e preparar os novos desafios
profissionais que se avizinham.
Mas as expectativas de descanso dos jovens depressa de dissipam, à medida que um estranho nevoeiro se vai acercando do abrigo e os vai envolvendo, originando comportamentos estranhos que os levarão ao limite da luta pela sobrevivência.

"Afogados no Nevoeiro" é um thriller psicótico onde, através do horror, o autor agarra do leitor e o leva a questionar o sentido da sua própria existência.

Título: "Um dia disseste que eu devia escrever um livro"
Autor: Patrícia Rebelo
Sinopse: Patrícia é uma jovem adolescente que um dia conhece Diogo, um rapaz bem parecido e divertido, por quem rapidamente se apaixona. Os dois iniciam um namoro, que marca também as suas entradas na
universidade e na vida adulta. Mas um dia Patrícia acorda de uma operação, com um desconhecido ao lado e descobre que é vítima de uma inesperada amnésia. Confrontada com a estranha situação de não se lembrar da sua vida mais recente, Patrícia tem que lidar com Filipe, o seu novo namorado, ao mesmo tempo que descobre que ainda está apaixonada pelo imaturo Diogo.
“Um dia disseste que eu devia escrever um livro” é a pujante história de amor de uma jovem à procura do seu antigo namorado e, mais do que isso, das suas memórias e da sua própria vida.



Título: "O dia em que nasci"
Autor: Filipe Vieira Branco
Sinopse: Tomé é um adolescente preso em casa, pelo seu próprio pai, que o mantém acorrentado numa cave poeirenta. Mas um dia, um grupo de
desconhecidos obriga Tomé a sair para fora desta casa, descobrindo muitas coisas para além do que conhecia até então. Revelado o segredo que o mantinha aparte, Tomé conhece então Vera, uma jovem que cresceu nas mesmas condições e com quem principia a luta contra aqueles que mantêm uma guerra longa e sem sentido.
O dia em que nasci conta a história da emancipação de um jovem que, ao descobrir o mundo, decide lutar pela sua transformação num lugar onde todos tenham um futuro possível.



Título: "O jornalista americano"
Autor: André Ferreira
Sinopse: William Davis Jameson é um jornalista americano que está de férias em Lisboa para recuperar de um atentando de que fora vítima, em Sharm El-Sheikh. Os efeitos secundários deste atentado transformam-se em visões, que este jornalista enfrentará nesta cidade e que lhe revelam que, afinal, está no meio de um conflito protagonizado por seres de um outro plano, que viajam no tempo e no espaço para o perseguirem.
Contando apenas com a ajuda da misteriosa Isabel, William tem de enfrentar esta horda de desconhecidos, enquanto reaprende a sua própria história e a paixão que o une a essa mulher.



Título: "A marmelada mata"
Autor: Joana Machado Madeira
Sinopse: Se estão à espera de encontrar aqui um livro de anedotas ou um repositório de piadas, podem ir gastar o vosso dinheiro no livro ao lado. 
Os contos da Joana Machado Madeira são engraçados, mas não são para rir. São a revelação inesperada de uma autora cheia de sensibilidade humana, com um surpreendente estilo narrativo próprio. 
Ao longo destas páginas, vão encontrar reflexões sobre a vida, sobre as personagens do bairro, sobre os pobres e os ricos, sobre as terras de Portugal, sobre o dinheiro e sobre a felicidade. Vão sorrir, mas mais importante do que isso, vão ficar a pensar e a matutar no que estão a ler. 
E descobrir que nasceu uma autora com uma visão fulminante sobre o mundo e com futuro na escrita.

Sem comentários :

Enviar um comentário