terça-feira, 28 de julho de 2015

ANTESTREIA DE "REGRESSO A CASA"

Ontem tive o prazer de assistir à antestreia do filme "Regresso a Casa", de Zhang Yimou, graças ao bilhete que ganhei no blog Close up. Este filme do cinema chinês foi galardoado em 2014 nos Festivais de Cannes e de Toronto.

Este filme conta a história de um grande amor profundamente marcado pela política e pelas mudanças na China dos anos 70, no século XX.
É um drama marcante e poderoso, que nos envolve num enredo de amor verdadeiro e de esperança, ao mesmo tempo que nos enquadra no contexto de um país em sofrimentos por causa da revolução.
Gostei bastante da interpretação de Gong Li e de Chen Daoming, que interpretam, respetivamente, o casal Feng e Lu. A sua interpretação é forte e íntegra, dando muita credibilidade às personagens e veracidade ao enredo.
Apesar de não ser, de forma alguma, um filme comercial e para ser apreciado por toda a gente, penso que vale mesmo a pena investir nele um pouco do nosso tempo, abrindo a nossa mente ao mundo cinematográfico fora do domínio norte-americano.


Resumo:
Durante a Revolução Cultural da China no início de 1970, Lu Yanshi é enviado para um campo de trabalho forçado. Ele tenta fugir, mas por causa da sua filha, uma estudante de ballet mimada chamada Dandan, o plano fracassa. Com o fim da revolução, Lu retorna a casa, mas encontra a sua esposa, Feng Wanyu, sem memória. Sem conseguir reconhecê-lo, ela espera pacientemente pelo retorno de seu marido. Lu Yanshi vai ter que lutar para ressuscitar o seu passado e despertar a memória da sua esposa.

sábado, 25 de julho de 2015

PASSATEMPO "CORRESPONDÊNCIA"

A maravilhosa LINETE LANDIM quer oferecer aos nossos seguidores um exemplar do seu livro "Correspondência", que já li e sobre o qual falei AQUI. É um maravilhoso romance erótico que está a conquistar Portugal e que já se encontra à venda em vários pontos do país.

Junto com o livro, tenho também uma oferta marota para o vencedor, que será uma oferta da "KAMASUTRASEXSHOP", uma página de facebook de vendas online que ainda vai dar muito que falar.

Como resistir a este passatempo tão "atrevido, sensual e diferente", como o classifica a nossa autora?


Prémios:


- 1 livro "Correspondência", autografado e com dedicatória pessoal;
- 1 embalagem de LUB BALLS, um tentador lubrificante comestível.



LUB BALLS:
Conjunto de 2 bolinhas recheadas com lubrificante comestível. O calor do seu corpo irá fazer com que esta bola liberte um líquido que estimulará todos os seus sentidos, contribuindo para uma atmosfera sensual e preliminares ainda mais excitantes. Aptas para massagens corporais. Uso recomendado: Introduzir uma bola na zona íntima. Em contacto com o calor do corpo, a bola dissolve-se rapidamente libertando assim um lubrificante com um delicioso sabor a frutos silvestres.

Regras:
- Partilhar publicamente o passatempo em qualquer rede social, identificando 3 amigos na partilha;
- Preencher corretamente o formulário com os seus dados pessoais e respondendo a uma questão sobre o livro, para a qual encontrará resposta na minha opinião (AQUI).

O passatempo decorrerá até às 23h59 do dia 2 de agosto.
Só serão validadas as participações que cumpram todas as regras.
Válida apenas 1 participação por pessoa/perfil.
O sorteio será a 3 de agosto, pelo sistema random, e o vencedor será informado através do seu e-mail de participação, no blog e na página de facebook.

VENCEDOR:





 ALEXANDRA PAULA SOARES GUIMARÃES


sexta-feira, 24 de julho de 2015

A BORDO DE UM LIVRO - LEIRIA

A maioria da história do último livro de Linete Landim, "Correspondência", passa-se em Leiria, uma bonita cidade portuguesa, que se localiza no litoral centro do nosso país.
A cidade de Leiria, capital de distrito, é conhecida principalmente pelo seu emblemático castelo, mas guarda toda uma zona histórica lindíssima e que, sem dúvida, vale a pena visitar.
Já lá estive mais do que uma vez, mas gosto sempre de lá voltar quando passo por perto...





quarta-feira, 22 de julho de 2015

ANTESTREIA DE "CIDADES DE PAPEL"

Ontem fui com a minha filhota à antestreia do filme "Cidades de Papel" graças ao bilhete duplo que ganhei através do "Noite e Música Magazine", a quem agradeço bastante a oportunidade.

Este filme, do realizador Jake Schreier, baseado na célebre obra de John Green com o mesmo título, conta-nos um pouco da história de amor de Quentin Jacobsen, um íntegro, bondoso e excelente estudante finalista de secundário, por Margo Roth Spiegelman, a sua vizinha rebelde e sua amiga de infância, cuja personalidade e vida enigmáticas sempre o fascinaram.

Conta-nos também do que é capaz de fazer este rapaz quando percebe que, através de pistas e enigmas, a rapariga lhe está a abrir as portas do coração, ao mesmo tempo que o convida a viver de forma intensa e apaixonada.

(Podemos ler a sinopse, ver o trailer oficial e saber um pouco mais sobre o livro 
e o filme AQUI no site da Editorial Presença.)


Pode parecer mentira, mas fui ver o filme sem ter lido o livro nem, pelo menos, a sinopse, pelo que não levava nenhumas expetativas para além de saber como foi um sucesso a anterior adaptação de um livro de John Green.

Portanto, sem poder fazer comparações, digo que gostei bastante do filme. Penso que conseguiu dar muita vida e cor à história, transmitindo bem a sua mensagem e encantando-nos com personagens, diálogos e cenários muito bem escolhidos.

Não me pareceu uma grande obra-prima do cinema, mas foram quase duas horas muito agradáveis de risos, lágrimas e encantos, que me levaram de volta à época das grandes mudanças e das primeiras paixões, quando tudo parece possível e temos ainda (quase) toda a vida pela frente.

Gostei bastante da interpretação dos atores principais, que, juntos, formavam um grupo de amigos amoroso e divertido. 
Achei o Quentin um personagem lindo e encantador. Penso que as histórias de John Green fizeram nascer em Nat Wolf um promissor ator e que ainda vai dar muito que falar em Hollywood.
Também gostei de ver Cara Delevingne, que interpreta Margo, mas acho que a sua prestação acabou por ser mais secundária, apesar de ser a "causadora" do enredo.

Achei muito curioso terem conseguido duas atrizes tão semelhantes (Hannah Alligood e Cara Delevingne) com diferentes idades para representarem Margo na infância e na juventude (respetivamente). Foi muito bem conseguida esta escolha de atores!

A minha filhota também gostou muito de ver este filme, que penso estar também indicado para jovens a partir da sua idade (ainda que aconselhe que o façam com acompanhamento de um adulto) e acho que ganhei companheira para os livros e filmes de John Green.

Para finalizar, tenho de dizer que fiquei mesmo com vontade de ler as obras deste autor, das quais só tenho em casa "À procura de Alaska", e também ansiosa por ver "A culpa é das estrelas", para poder comparar os originais com as adaptações.



terça-feira, 21 de julho de 2015

"CORRESPONDÊNCIA", DE LINETE LANDIM

"UAU!!!!"
Foi esta a expressão que usei, há minutos atrás, quando terminei a leitura do livro "Correspondência", de Linete Landim. É verdade, adorei!!!! Mesmo!
Parabéns, Linete, pelo teu talento!! Parabéns pela capacidade de seduzir o leitor!! Parabéns!!

"Correspondência" conta a história de Gustavo Soares de Melo, ou lorde Marcarenhas, como é conhecido este duque de Leiria, e da sua relação com Madalena Rodrigues, uma jovem com quem se casa por procuração.
Gustavo é um homem amargo e cruel, que aceita casar para arranjar descendência, mas que não tenciona envolver-se com a esposa, pois jurou não submeter nenhuma mulher ao seu feitio pavoroso, nem aos seus ataques de fúria.
Madalena é uma linda jovem de Lisboa, sonhadora e ideológica, que aceita o casamento em busca de um amor verdadeiro, acreditando na construção de uma família perfeita, à semelhança da sua, e que tenciona usar toda a sua forte personalidade para o conseguir.
E este romance erótico de Linete Landim vai revelar-nos a relação entre os dois, os sentimentos partilhados e confrontados, as batalhas físicas e emocionais travadas para ou contra o amor e os momentos de tensão ou de paixão vividos no noivado e nos primeiros meses de casamento.

Confesso, desde já, que este livro foi uma agradável surpresa.

Não é que não esperasse gostar de o ler, mas fui mesmo surpreendida pela intensidade de toda a história, pela nobreza com que a autora escreve sobre sexo, pela complexidade das personagens e pela capacidade de prender a minha atenção e mantêm-la durante 400 páginas.
Li com alguma calma, pois não tinha vontade que o livro terminasse, apesar de estar completamente rendida à relação entre Gustavo e Madalena.

Este livro é, de facto, um "romance" e é "erótico", contando a história de um amor que nasce, floresce e cresce, mas também os pormenores da relação intima entre os dois. E foi, sem dúvida, o melhor romance erótico que já li e que condena muitas trilogias internacionais ao esquecimento em poucos capítulos.

O enredo está muito bem conseguido, misturando sentimentos (aparentemente) contraditórios e falando de amor e sexo com igual qualidade, destreza e tacto, com sensualidade e sensibilidade, com profundidade e subtileza, com charme e meiguice.

Linete Landim escreve de uma forma incrível, usando um discurso leve, palavras fantásticas e diálogos intensos, levando-nos a criar uma grande proximidade e cumplicidade com as personagens e espaços, bem como com o seu passado, presente e futuro.

As personagens principais estão muito bem caracterizadas, não por grandes descrições, mas pela coerência e força da sua fisionomia, das suas palavras e dos seus atos. Representam duas personalidades fortes que, ao longo do livro, não só se revelam cada vez mais intimamente, como criam empatia entre o leitor e o seu lado da história, fazendo-nos oscilar entre defender e preferir Gustavo ou Madalena.
As personagens secundárias aparecem para dar cor e sentido a toda a história, auxiliando as principais e compondo o cenário, completando-o, dando-lhe brilho.

Sem dúvida alguma que aconselho vivamente a leitura deste livro.
Sinto-me na obrigação de o fazer!
Leiam, por favor!!

segunda-feira, 20 de julho de 2015

PRATOS DE VERÃO #01

Com o tempo livre a aumentar, privilégio das (quase) férias, e o calor a exigir pratos mais frescos, estou a aproveitar a oportunidade para investir um pouco na decoração das refeições, usando os pratos que os miúdos gostam, mas dando-lhes um toque especial.

Introduzindo mais fruta e legumes nos pratos principais, tenho tido algum prazer ao preparar as refeições, o que nem sempre acontece comigo, muito menos de forma natural.
Os miúdos nem sempre aplaudem os "verdes", mas vale pelo sorriso com que recebem o prato quando chegam à mesa e pelo maior hábito que, sem darem conta, estão a desenvolver.

Resta-me continuar, procurar maior diversidade de alimentos e vir aqui mostrar alguns dos "pratos de verão", relatando o que contém e apresentando imagens também dos meus próprios pratos, parecidos com os deles, mas que surgem como alternativa.

Espero que gostem desta "rubrica" estival e que deixem algumas sugestões nos comentários.
(Nota: aqui não deixarei saladas, como aqui, aqui e aqui - por exemplo - mas acho que vou recuperar também esse espaço no "eu cozinheira". Que acham?)

 PRATO 1:
- 1 posta de tintureira cozida
- legumes cozidos a vapor (pré-prontos) do Continente
- 1 quivi
- massa tricolor
- 1 ovo (caseiro, neste caso)
- maionese
 PRATO 2:
- 1 peito de frango grelhado (temperado com sal, limão e manjericão)
- ervilhas e cenouras baby
- 3/4 batatas
- puré de maçã
 PRATO 3:
- 5 douradinhos (com cereais) no forno
- arroz branco
- 1 maçã
- feijão verde redondo
- groselhas
- queijo ralado

AS ALTERNATIVAS:

      



sexta-feira, 17 de julho de 2015

DEFINIR OBJETIVOS PARA CONSEGUIR LÁ CHEGAR

Foi através da aula online "O Poder do Foco", da qual falei AQUI, que "conheci" o Pedro Vieira e me deixei contagiar pelas suas ideias e formas de encarar a vida e a felicidade. Por isso, é com agrado que recebo no meu mail correspondência da "Life Training" com algumas das suas dicas.

Hoje deixo aqui alguns apontamentos que consegui tirar de um pequeno vídeo sobre "Definir intenções" que recebi na semana passada e que são muito úteis quando queremos mesmo alcançar algo na nossa vida, seja um objetivo simples e a curto prazo, seja algo mais demorado e elaborado.
E aplica-se a todos os tipos de metas e sonhos, assente na ideia do positivismo e no "acreditar que somos capazes", que é um dos lemas que costumo ensinar aos meus filhos e alunos.

Como definir intenções/objetivos?

Sempre que queremos alcançar alguma meta ou focalizar a nossa atenção numa intenção, devemos fazê-lo de forma positiva dizendo a nós mesmos que vamos conseguir.

Quando dizemos a nós mesmos e ao mundo...

EU QUERO ....

EU VOU FAZER ....

Estamos a dizê-lo ao nosso sistema neurológico que acredita nestas frases e as dá como reais, levando o inconsciente a filtrar as informações e estímulos do exterior em função delas, fazendo reparar e prestar atenção ao que vai satisfazê-las e criando comportamentos a elas adequados.

Se, pelo contrário, nos centrarmos em frases que revelem o que NÃO queremos e as repetimos para nós mesmos, o nosso cérebro, apesar de, mais tarde, acabar por tornar inconsciente o nosso real desejo, primeiro memoriza a intenção negada, dificultando a focalização e a fluidez das energias.

No entanto, há quem tenha dificuldade em dizer/registar o que quer e saiba melhor o que não quer, mas, tendo consciência desta necessidade de focar a atenção em pensamentos positivos e objetivos, podemos sempre partir do que já sabemos e estabelecer através delas novas intenções.
Com isto, estamos a transferir a atenção do que não queremos para o que queremos.

Outra atitude que facilita a memorização das boas intenções/objetivos e, consequentemente, abre caminho a que consigamos alcançá-los é a visualização dessa intenção no futuro.
Ou seja, imaginarmos como tudo será quando atingirmos o objetivo, visualizando o maior número de detalhes e pormenores, construindo uma imagem que apele a todos os sentidos.
Com isto, estaremos a instalar uma memória no nosso subconsciente, a qual, quanto mais real e detalhada for, melhor nos ajudará a focalizar a atenção e as energias e, logo, contribuirá bastante para que a intenção se concretize.

Parece um exercício difícil de se fazer no dia a dia, mas a verdade é que é uma questão de hábito e de perseverança, colocando os nossos pensamentos ao serviço das ações que nos fazem felizes.


PASSATEMPO "PONTO ZERO"

Com a participação da autora Rita Inzighi, da editora Coolbooks e da Rita Pereira (da página "O Cantinho das Agulhas), trago hoje o primeiro passatempo de livros deste verão.

Prémios:
- 1 exemplar do livro "Ponto Zero" (em formato digital);
- 1 colar, oferta de "O Cantinho das Agulhas".



Regras:
- Ser seguidor de “Faces de Marisa” e da “Coolbooks”;
- Ser seguidor de Rita Inzighi e “Ponto Zero” (no facebook);
- Ser seguidor de "O cantinho das agulhas";
- Encontrar na sopa de letras (abaixo)  9 palavras usadas na entrevista feita com Rita Inzigh (AQUI);
- Comentar uma das publicações da autora no facebook (em qualquer das páginas) usando uma das palavras encontradas;
- Enviar as restantes 8 palavras (ou printscreen da sopa de letras com palavras sublinhadas) para o e-mail lunamarisa91@gmail.com, com o assunto “PONTO ZERO” e acrescentando os seguintes dados:
- Nome completo;
- Localidade;
- Nome de seguidor;
- Link do comentário.


O passatempo decorrerá até às 23h59 do dia 26 de julho e será atribuído 1 número a cada e-mail, segundo hora de chegada.
Só serão validados os e-mails que cumpram todas as regras.
Válida apenas 1 participação por pessoa/perfil.
O sorteio será a 27 de julho, pelo sistema random, e o vencedor será informado através do seu e-mail de participação, no blog e na página de facebook.


Q
A
R
R
E
T
C
S
G
I
P
U
W
C
O
M
P
O
S
T
E
L
A
R
E
T
C
I
E
P
E
I
R
S
P
A
R
A
K
D
I
G
I
T
A
L
E
U
T
V
A
R
M
I
N
O
C
U
L
M
Y
I
Z
A
B
O
X
F
A
D
N
O
U
A
A
M
L
V
A
M
O
R
E
S
I
G
L
A
U
I
E
X
C
O
U
K
O
E
J
P
I
L
Z
E
V
M
V
O
P
N
M
K
S
U
N
G
O
A
C
O
A
S
I
J
A
O
A
O
B
N
B
B
S
H
G
G
H
F
G
S
D
C
D
L
D
R
U
T
U
T
E
Y
P
E
S
O
F
I
E
R
A
S
M
U
S
P
E
O
G
R
L
W
Q
A
I
D
E
M
O
C
H
J
K
L
Z
X
C
V
B
N
M
A

VENCEDOR:

Sofia Alexandra Pereira do Carmo - Lisboa