quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

"UM LIVRO SOBRE DESENHO", DE MARK GONYEA

Os livros infantis são definitivamente das minhas maiores paixões no mundo da literatura.
Gosto de todos os livros infantis, não só porque muitos deles têm histórias fantásticas e ilustrações coloridas, mas também porque acredito que ajudam as crianças a criar um mundo de magia, desenvolvendo a imaginação, a criatividade, o espírito crítico, a argumentação, o vocabulário... entre tantas outras capacidades que acompanharão os miúdos pela vida fora.
Além disso, os livros têm ainda a vantagem de ajudar a criar um laço especial entre pais e filhos (e professores e alunos) como nenhuma outra atividade. O livro promove o diálogo, a confiança, a cumplicidade... O livro anima, aconchega, desperta... O livro ajuda a conversar sobre assuntos às vezes delicados... À volta do livro criam-se momentos únicos e que serão sempre recordados com saudade.
Eu sei que assim é e gosto de apreciar um bom livro infantil.

Por tudo isto, há já bastante tempo que estou rendida aos livros disponibilizados pela Livros Gatafunho. (Noutro post mostrarei todos os que tenho cá em casa e que recomendo vivamente!)

Hoje venho precisamente falar de um livro desta editora, que, sem ser das mais populares ou lucrativas do mercado, é sem dúvida um excelente veículo de boas obras no mundo da literatura infantil.


O livro chama-se "Um Livro sobre Desenho: complicar não melhora nada", foi escrito e ilustrado por Mark Gonyea e, na minha opinião, está indicado para crianças dos 3 aos 8 anos, podendo muito bem ser explorado no ensino Pré-escolar ou no 1.º Ciclo do Ensino Básico.

Esta obra não é um vulgar livro de histórias, nem pretende ser apenas lido e arrumado na prateleira.
É um livro de qualidade, de capa dura, com folhas de um papel resistente e brilhante, com cores sóbrias e atrativas. É quadrado e tem muito mais imagens do que texto. É um livro dinâmico, que não se completa por si só, mas que deve estar na base de outras atividades exploratórias.

"Um Livro sobre Desenho" fala aos pequeninos sobre diversos aspetos visuais, sobre o que é e o que compõe o desenho e sobre como jogar com diferentes tamanhos, formas e cores. Assim começa esta obra:

"O desenho não é mais que a percepção do tamanho, 
da forma e da cor."

E a partir desta máxima, tudo se torna possível e a criança vai descobrir um mundo infinito de possibilidades, estando a imaginação por detrás da composição de um desenho. Isto porque o livro, recorrendo a ilustrações simples e icónicas mas muito atrativas, brinca com as formas, as posições e tamanhos, os pormenores mais importantes, as linhas e traços, as proporções, a orientação, as cores frias e quentes, o contraste e o equilíbrio, as figuras geométricas, entre outros aspetos visuais.

É um livro que cativa e que precisa sair das estantes e juntar-se a lápis, canetas, pincéis, tintas e papéis para dar mais brilho à vida das crianças.
Recomendo viva e alegremente.



2 comentários :

  1. Olá Marisa,
    Gostei imenso da sugestão.
    Mas aproveito para pedir um conselho!
    A minha afilhada tem 7 anos, desde muito pequena que lhe ofereço livros (sempre adequados á idade), para tentar despertar nela o interesse pela leitura e também alguns livros de actividades e mesmo fichas de exercícios!
    É uma criança inteligente e astuta, no entanto, talvez por falta de tempo por parte dos pais, não se dedique tanto quanto eu gostaria.
    Quando está cá em casa, consigo pô-la a ler, mas sinto que se não for cativada, por muitos livros "giros" que lhe ofereça, quando vai para casa, simplesmente nem lhes pega...
    Alguma sugestão para lhe oferecer este natal? (para além do brinquedo! :) que também é muito importante! :P
    Ukuhamba

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá olá!!!
      Não é por ser minha parceira, mas a Gatafunho tem livros espetaculares. Desde que os miudos nasceram que tenho comprado bastante. Passa no site e vê. EScolhe e depois manda o titulo que te digo se é bom!! ;)

      Eliminar