terça-feira, 22 de dezembro de 2015

EM GRANDE COM A LINETE LANDIM, NO LANÇAMENTO DE "RENDIÇÃO"

Este mês está a ser muito rico em lançamentos/apresentações de livros.
E não havia melhor maneira de começar do que com a minha querida Linete Landim, que se mostra sempre bem-disposta e afável, descontraída e simples, tal como já nos tinha mostrado no pré-lançamento de "Correspondência" e na pequena entrevista que me deu aqui no blogue.

Desta vez não fui sozinha. Levei comigo uma pessoa especial a quem apresentei a escrita de Linete há pouco tempo, mas que já devorou três livros (incluindo o "Rendição", que não me deixou trazer para casa!): a minha cunhada Maria Batista.


O lançamento de "Rendição", o novo romance de Linete Landim, da trilogia "Luar Dourado", foi numa galeria de arte fabulosa e ricamente decorada, localizada num edifício secular em plena Avenida da Liberdade: o "Espaço Arte Livre".

A receção foi cheia de classe, num décor sofisticado, e contou com a presença de familiares, amigos e admiradores da escritora, num ambiente duplamente requintado e bem-disposto, onde todos convivemos com a Linete e pudemos felicitá-la.

Fotos cedidas por Linete Landim

Quem deu início à apresentação mais formal foi Milu Prudêncio Ferreira, a marchat da galeria, que falou um pouco sobre a escritora e as suas obras, dando depois a palavra a Linete Landim, que maravilhou a plateia com a sua simplicidade e bom humor.
Linete Landim falou-nos de "Rendição" com muito entusiasmo, enquadrando o livro na saga e relacionando-o com "Correspondência", o seu antecessor. Apesar de ter dados especial ênfase a esta trilogia, mencionou ainda os três livros da anterior saga.
No fim, o público colocou várias questões a Linete, que respondeu a todas com à vontade, boa disposição e carinho, dando um pouco a conhecer a mulher por detrás da escritora.




Fotos de EDFotografia, do álbum do lançamento disponível AQUI

Eu e a Maria gostámos mesmo muito de estar com a Linete e de fazer parte desta equipa de admiradores, que já não consegue passar sem os seus livros.

Obrigada, querida Linete, por nos congratulares com a tua escrita e por seres para nós exemplo de coragem e de perseverança.

Sem comentários :

Enviar um comentário