quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

"A PAIXÃO DE MADALENA", DE JOÃO PAULO VIDEIRA

Foi no dia da sua apresentação em Lisboa que iniciei a leitura do livro "A Paixão de Madalena", a segunda obra do autor João Paulo Videira.
Assim que peguei nele, gostei logo da forma como está organizado e não demorei mais que breves minutos a deixar-me prender ao enredo e às suas personagens.

"A Paixão de Madalena" conta histórias da vida de Madalena, personagem principal e sobre a qual se centra toda a narrativa. Madalena é uma menina-mulher com muitas vivências por contar, com experiências de vida diversificadas, com dores e momentos de felicidade, que se distingue do mundo à sua volta pela força, coragem e perseverança com que enfrenta os sonhos, os medos e o destino.

O livro fala-nos das suas origens, dos locais onde viveu, das pessoas que marcaram o seu caminho, das paixões e desilusões, das cruzes que foi carregando.

Dividido em cinco livros (capítulos), iniciados sempre por um episódio da história de Jesus Cristo e Maria Madalena, a obra começa contando-nos o seu romance com Kyle McKenzie, o homem da sua vida. Depois, outras histórias se vão cruzando com a de Madalena, constituindo um único e impressionantes romance.


Confesso-vos já que há muito que não devorava um livro em tão pouco tempo.
As diversas histórias que vão sendo contadas em torno de Madalena constituem um enredo absolutamente cativante, arrebatador e absorvente, de uma grande riqueza cénica e com personagens diversificadas e  marcantes.

A personagem principal é fortíssima (e poderosa!), e facilmente nos apaixonamos por ela ao longo do livro, sendo usada de forma extraordinária pelo escritor para dar ritmo e intensidade a todos os episódios que vão sendo contados, bem como às personagens secundárias que vão aparecendo e permanecendo na história.
Todo o livro está carregado de surpresas e de revelações imprevisíveis, o que também ajuda a prender o leitor do princípio ao fim.

Fiquei completamente rendida à escrita de João Paulo Videira.
O autor de "A Paixão de Madalena" escreve de forma absolutamente cativante e rica, sem ser erudita, usando poderosas descrições e diálogos, proporcionando uma leitura fluída, envolvente e, ao mesmo tempo, instrutiva e inspiradora.

Fiquei sua admiradora e estou ansiosa por ler a sua primeira obra, "De negro vestida", preparando-me também para o próximo livro a ser publicado.

4 comentários :

  1. Feliz 2016!
    Beijinhos.

    www.trapinhartes.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigado, Marisa, pela simpatia das suas palavras, pela sua energia e pela sua generosidade. Um feliz ano de 2016.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As minhas palavras foram sinceras e isso diz tudo.
      Beijinhos e um ótimo 2016

      Eliminar