quarta-feira, 11 de novembro de 2015

MASTERCLASS "LIBERDADE FINANCEIRA", COM PEDRO VIEIRA

Hoje parece-me o dia indicado para falar de finanças.
Não, não tem nada a ver com a queda do governo. Sobre esse assunto poderei escrever noutra altura, quando houver alguma coisa de realmente "palpável" para comentar.
Venho falar de finanças porque estou numa fase da vida em que preciso mesmo de encontrar uma forma de ganhar "liberdade financeira", reorganizando-me para não estar sempre "de corda ao pescoço".

Foi no dia 2 de outubro que assisti a uma masterclass gratuita na DHARMA5ACADEMY com Pedro Vieira, um coach que admiro muito e que dá palestras muito interessantes e úteis. Não assisti em direto, mas numa das 3 repetições disponíveis.

Nesta masterclass, Pedro Vieira deixou uma hora de dicas que poderão ser muito úteis, quer para quem tem objetivos financeiros ambiciosos, quer para quem, como eu, precisa de se organizar na vida. Aqui deixo os meus apontamentos e resumos do que ouvi e pretendo aprender.

"LIBERDADE FINANCEIRA"

A liberdade financeira não depende da quantidade de dinheiro que temos.

A liberdade financeira é um estado emocional em que não nos sentimos presos devido à nossa capacidade financeira, em que não andamos com angústias porque não podemos fazer o que mais gostamos devido à nossa situação económica. Isso é liberdade. Com muito ou pouco dinheiro, é sentirmo-nos livres para fazer a nossa vida conforme queremos, acreditando que o dinheiro é uma energia que podemos (e devemos) usar para produzir sentimentos bons em nós.

Maneiras de ganhar dinheiro:
- Trabalhar por conta de outrem
- Trabalhar como freelancer
- Fazer empreendimentos ou investimentos
- Apostar dinheiro em jogos
- Ganhar uma herança
- Contrair empréstimos

(A maioria de nós apenas ganha dinheiro com a primeira hipótese, a qual ocupa muito tempo da nossa vida.)

Maneiras de gastar dinheiro:
- Há 1001 formas de o fazer e andam sempre perto de nós, à nossa disposição de forma fácil.

Ou seja, o desequilíbrio entre o ganhar e o gastar dinheiro é enorme e tem de ser pensado porque interfere e condiciona a nossa liberdade financeira.

PONTO DE PARTIDA:
- Fazer uma tabela com quanto ganho e quanto gasto.

PONTO DE CHEGADA:
- Definir objetivos para sentir liberdade financeira: escrever um VALOR, um NÚMERO. Este deverá ter por base aquilo que queremos. 
- Escrever uma nota grande com esse valor e fixá-lo na parede, num sítio por onde passamos várias vezes.

CAMINHOS:
- Antes de mais, temos de eliminar os bloqueios que aparecem e que nos impedem de chegar onde queremos. Estes bloqueios podem ser:
      - crenças negativas face ao valor do dinheiro;
      - o que acreditamos ser a nossa relação atual com o dinheiro;
      - crenças em relação ao que é necessário para ter mais dinheiro.

- Depois, temos de acreditar na máxima "CRER PARA VER" (acreditando que se acreditarmos muito num determinado objetivo, estamos mesmo a contribuir para que ele seja atingido);

- Retirar a atenção das limitações (o que não quero) e centrar a atenção naquilo que queremos;

- Estabelecer metas facilitadoras (intermédias em direção ao número que estabelecemos), invertendo as crenças negativas e encontrando alavancas inconscientes (fases que memorizamos e que passam a ser inconscientes se as interiorizarmos com convicção, p.e.).

Que tal?
Espero que estas ideias sejam úteis para os seguidores deste blog.
Eu vou tentar usar tudo isto a partir de HOJE, para não dizer AGORA.


1 comentário :