domingo, 11 de outubro de 2015

FÁBRICA DE BRAÇO DE PRATA - UM ESPAÇO COM BOAS ENERGIAS

No sábado conheci, em Lisboa, um espaço fantástico onde muitos eventos acontecem e a energia flui de forma muito colorida e contagiosa: a Fábrica de Braço de Prata.

"A FBP é um edifício meio abandonado, vestígio do lugar da administração da antiga fábrica de material de guerra, com 12 salas mutantes, que tanto são salas de concerto, como galerias de arte, gabinetes de curiosidades, estúdio de cinema, atelier de artes plásticas, oficina de ourivesaria, loja de roupas usadas e de outras coisas a usar, salas de jantar, bar, ou simplesmente livrarias. Mas também é um imenso muro exterior, que desenha por fora um terreiro, e onde várias camadas de graffiti se têm vindo a depositar como películas de memória. (...) também é uma esplanada enorme, lugar para espectáculos de teatro e circo, concertos de verão, e jogos de bola para crianças (...) 

Assim definem o espaço os seus administradores, que muito fazem para tornar a Fábrica de Braço de Prata num local dinâmico onde a cultura acontece e as artes chegam a pessoas de todas as idades, sendo que as crianças têm atividades próprias a si mesmas dedicadas pela equipa "O Bracinho de Prata".


 




Eu vim encantada com o que por lá vi e já subscrevi a newletter do espaço pois fiquei com vontade de lá voltar para um concerto, para ler ou comprar um livro ou para uma refeição diferente no restaurante.
Gostei bastante da decoração das salas, do mobiliário usado, da rentabilização e reutilização de peças e objetos antigos e vintage, da recuperação feita em algumas divisões, da luminosidade natural do espaço, das pinturas (e graffitis) nas paredes, na ligação entre elementos novos e usados,.. também me agradou imenso a energia das pessoas que por lá circulavam, bem como a forte aposta na divulgação das atividades que lá se realizam.
O que também me agradou muito na FBP foi a forte presença de um espírito de resistência, ainda vivo desde o 25 de Abril de 1974, como que marcando bem a importância que os movimentos artísticos tiveram na conquista da liberdade em Portugal.

Mais um local de Lisboa que vale a pena conhecer, nem que seja para um chá num final de tarde de domingo ou para assistir a uma peça de teatro.

Sem comentários :

Enviar um comentário