domingo, 17 de maio de 2015

"O LIVRO VERMELHO"

Há já algum tempo que recebi "O Livro Vermelho" como oferta da Gatafunho, a quem humildemente agradeço a confiança depositada na minha opinião.

No início, fiquei apreensiva com esta obra, pois não é com regularmente que encontro livros infantis (para maiores de 6 anos) que tenham apenas ilustrações.

"Li-o" com os meus filhos (de 9 e 11 anos, na altura). Eles gostaram muito, mas disseram que era mais indicado para os "mais pequeninos".

Voltei a "lê-lo" com os meus alunos (de 1.ºano) e comprovei a sua teoria: os miúdos adoraram!
Vimos as ilustrações vezes sem conta, conhecemos as personagens e aferimos as suas personalidades, descobrimos a história e reinventámo-la, escrevemos frases para lhe dar um toque pessoal, imaginámos o que seria viver dentro de um livro, fizemos ilustrações deixando o vermelho como pano de fundo...

Foram momentos de comunhão entre trabalho e lazer em volta de muitas imagens e histórias nelas contidas, promovendo o diálogo, a criatividade, a expressão de dúvidas e sonhos...
Aconselho vivamente a exploração desta obra nas salas de aula de 1.º ano e de pré-escolar.







Ilustrações da minha turma de 1.º ano, com base na história do livro.
Usaram marcador preto sobre cartolina vermelha.

SINOPSE:
Este livro, criado por uma designer americana, é um livro de imagens, sem texto: uma história sem palavras, um livro mudo, cujo texto visual guarda em si muitas histórias, todas as queiramos contas, tantas e tantas vezes, e sempre diferentes.
A narrativa visual é sequenciada: um começo, um desenrolar de acontecimentos, um momento fulcral e um final que sugere um recomeço. Utilizando elementos figurativos claros e realistas, a autora desafia o leitor a contar uma história cheia de fantasia: um livro vermelho que possibilita a duas crianças de raça e lugares claramente diferentes conhecerem-se e encontrarem-se. Um desafio à sua imaginação: O LIVRO VERMELHO, um livro-personagem, mágico... Um livro sobre um livro!
O LIVRO VERMELHO ganhou a medalha da Caldecott Medal Honor Book, em 2005, medalha prestigia os livros ilustrados e que é atribuída pela  American Library Association desde 1937, nos Estados Unidos. Está classificado, internacionalmente, como um dos 50 melhores livros ilustrados, sem texto, do mundo e tem sido utilizado, referido e/ou analisado em vários estudos e teses sobre literatura para a infância, em Portugal e no Brasil.

Sem comentários :

Enviar um comentário