segunda-feira, 8 de setembro de 2014

A CASA INDEPENDENTE

Foi graças ao MAGAFEST que conheci um fantástico local de cultura, onde tudo parece possível e o tempo deixou de existir: a CASA INDEPENDENTE.

https://www.facebook.com/CasaIndependente
 Situa-se num antigo palacete, em pleno Largo do Intendente (Pina Manique) e inaugurou no dia 20 de outubro de 2012, sendo um projeto da associação cultural Ironia Tropical, nas pessoas de Inês Valdez, Patrícia Craveiro Lopes e Joana Nóbrega.
O espaço está decorado de forma vintage, com bom gosto, simplicidade e autenticidade, parecendo logo convidar-nos a ficar de forma confortável e amiga. Segundo consegui descobrir na internet, houve o cuidado de tentar manter o salão com espírito de baile da comarca que se fazia no local nos anos 40, mas inspirando-se também nos moradores do início do século XX. Achei curioso haver tantas peças a recordar antigos consultórios médicos, marcas da Associação de Socorros Mútuos que parece por lá ter funcionado.
A casa está dividida em várias áreas, abertas a diversos projetos culturais: concertos, dj sets, encontros gastronómicos, workshops, jantares, conferências, exposições e debates: um salão (com varandas para o largo), salas de lazer e uma cafetaria (com espaço interior e terraço). Conforme pude ver na ementa, os pratos têm várias influências e destacam-se pela originalidade.
A cafetaria pareceu-me uma boa opção para quem quer jantar ou almoçar num ambiente diferente e acho que vou lá voltar com esse intuito.
De resto, todo o espaço também irradia tranquilidade e boas energias, ficando as vaidades e preconceitos lá fora e enchendo-se as divisões de comodidades e vontade de ser e de existir.

Imagens retiradas da Internet:







Sem comentários :

Enviar um comentário