sexta-feira, 18 de outubro de 2013

NATAL DOS PEQUENOS ARTISTAS


Há já algum tempo que esta imagem circula no facebook e eu própria já a partilhei mais do que uma vez.
Ainda não tinha aqui escrito sobre o assunto, mas fazer contas ao que nos pretendem tirar novamente a partir de janeiro trouxe-me vontade de o fazer.
Já ninguém sabe onde cortar ou como resolver os seus problemas financeiros... o aperto é cada vez maior, calha cada vez a mais pessoas e classes profissionais e a maior velocidade... as perspectivas não são nada agradáveis e o próximo ano promete ser (ainda) mais difícil.
Cada vez há mais desemprego, cada vez há mais famílias separadas pela emigração e mais pessoas a viver em situações precárias...

E estamos a chegar a passos largos a uma época em que devia haver alegria e paz em todos os lares... e teremos de colocar de lado os sorrisos cinzentos e agarrar com todas as forças os sentimentos nobres que não são comprados por dinheiro e que, como única vantagem da crise, surgem mais sinceros e verdadeiros à medida que nada temos para oferecer.

E pensando no Natal, tenho mesmo de apoiar esta ideia transmitida risonhamente pelo Ratatui, que nos dá uma solução que devemos agarrar sem pensar duas vezes. Muitos são os blogues e páginas do facebook geridas por pessoas que arregaçaram as mãos perante o desemprego e a crise e usaram os seus talentos para dar uma nova hipótese às suas vidas... muitas são as pessoas que fazem o mesmo, mas de formas "porta a porta"... e não podemos todos contribuir? Eu vou fazê-lo, porque acredito que é com o dar as mãos que a luz ao fundo do túnel poderá surgir.

E convido quem me lê e segue a mostrar o que sabe fazer e o que pode vender (ou trocar) para que uma corrente se crie e todos possamos ter um mimo para dar a quem mais amamos, ao mesmo tempo que carregamos os sonhos de outros como nós e lhes damos asas maiores.
Com criatividade e união, conseguiremos acender mais luzes nas nossas árvores de Natal e nas dos outros... sem ter de deixar todos os nossos (poucos) euros em grandes superfícies comerciais que já têm muito brilho e muitos euros a ganhar...

2 comentários :