terça-feira, 3 de setembro de 2013

TER ALUNOS FINALISTAS

Este ano, pela primeira vez em 15 anos letivos de serviço, vou ter alunos finalistas de 1ºciclo que começaram a sua escolaridade comigo e vão terminá-la com a mesma professora. Vai ser a minha estreia e estou a gostar da sensação.

Não vai ser a minha primeira vez a lecionar ao 4.ºano, mas as outras duas em que trabalhei com este ano de escolaridade (em 2001/2002 e 2006/2007) apenas estive com a turma um ano e, à parte da ótima sensação que é tê-los crescidos e vê-los dar um passo de gigante em relação ao 2.ºciclo, não é a mesma coisa do que ter sido eu a ensiná-los a ler e a escrever... este ano vai ser mesmo o colminar de um longo caminho, durante o qual todos nós crescemos e aprendemos bastante...

Hoje olho para as suas fotos do 1.ºano e recordo como eram pequeninos...
Ao mesmo tempo curiosos e receosos com a nossa experiência da "escola primária", todos vinham carregadinhos de expetativas sobre o que iam aprender e a pessoa que iria acompanhá-los todos os dias.
Sinto que tenho sido uma professora-amiga-mãe, que ocupa um local especial nos seus coraçõezinhos e que, de uma forma ou de outra, irei marcar o seu percurso escolar... Sinto esse prazer e essa responsabilidade! Este ano, mais do que nunca...

Dizia no outro dia ao meu marido: "Os meus meninos já estão a terminar..."
Sim, porque os sinto um pouco como meus, não num sentido de posse, mas de carinho e cumplicidade, que são valores que têm ajudado a cozinhar as aprendizagens e a digerir as dificuldades que temos encontrado nas nossas vidas escolares, mas também pessoais.

Eles estão enormes e eu desejosa de os rever daqui a dias.
Este ano seremos mais, pois vamos "acolher" na turma dos reguilas outro grupo de 4.ºano que, infelizmente, ficou sem professor. (Ou não fossem as pessoas meros números para os governantes!)
Seremos 27... 26 alunos e eu, num percurso que será não só um final mas uma ponte para outro começo, com (ainda) maior autonomia e responsabilidade.



Vai ser um ano trabalhoso, no qual os exames de Português e Matemática, enleados na História de Portugal, ocuparão muito do nosso tempo de aulas, mas que terminará com fitas e festas, com gargalhadas e lágrimas de emoção.
Eu estou (positivamente) ansiosa...

E no final do ano terão sido mais de 3200 horas vividas entre todos...

Sem comentários :

Enviar um comentário