terça-feira, 10 de setembro de 2013

"OS LAÇOS QUE NOS UNEM"

Tenho andado um pouco desligada das leituras, com pouca vontade de ler e muito mais ligada às pecinhas feitas à mão.
Mas, como sempre, havia um livro na mesa de cabeceira que me acompanhava para todo o lado: "Os laços que nos unem", de Gustavo Santos.

Foi o primeiro livro deste escritor de "sete ofícios" e estava com grande curiosidade, pois apenas tenho acompanhado o seu lado mais televisivo e esse nada me transmitia acerca do que iria encontrar no livro, para além daquilo que me atraiu: o espírito positivo e de empreendedorismo do seu autor.
Fui agradavelmente surpreendida.

Este livro, para além de emanar o tal espírito de Gustavo Santos, contém uma fantástica história de amor entre um avô e o seu neto, numa narrativa que envolve muitas outras histórias, apresentando-nos diferentes dimensões do verbo AMAR e a forma como tudo ganha sentido quando o envolvemos com o VIVER.
Gostei bastante da história e da forma de escrever do autor.
Gostei bastante das personagens principais e da forma como se relacionam.
Gostei dos pormenores sobre cantos e recantos do nosso Portugal que vão aparecendo discretamente ao longo de todo o livro e que não só ajudam a enquadrar as histórias, mas também se transformam em dicas de passeios e momentos para quem ama o seu país.
Gostei de perceber, no final do livro, que há algo de verdadeiro e real num dos amores da história, que marca a necessidade do escritor de deixar registada uma experiência pessoal...

Aconselho a leitura!
Venha o próximo!

1 comentário :

  1. Eu acompanho o Gustavo no Youtube e gosto de o ouvir falar. Ainda não li nenhum livro dele. Beijos

    ResponderEliminar