domingo, 28 de abril de 2013

CAPITÃES DA AREIA

Este mês tem sido difícil manter-me concentrada em qualquer leitura que não seja documentos legais e
profissionais (por ter tanta coisa pendente e pouco tempo para gerir) ou trabalhos dos alunos (que por acaso andam já a escrever bem melhor). Por isso mesmo, e não por não estar a gostar, há mais de um mês que andava a ler o livro "Capitães da Areia", de Jorge Amado.
Na verdade, na última semana também os meus filhos têm acompanhado parte da minha leitura, o que me  incentivou a deitar mais cedo e pegar no livro mais vezes, pois ambos gostaram de ir conhecendo a vida e as aventuras das personagens, todas elas crianças pobres do Brasil a viverem à margem da sociedade.
Nesta obra, Jorge Amado mostra-nos, através da magia das suas palavras, um lado escuro e duro da vida brasileira, representado por um grupo de mais de cem crianças que vivem como adultos, sozinhos numa casa de praia, sobrevivendo de roubos, trafulhices e outros delitos.
Pedro Bala, chefe dos "Capitães da Areia", é uma personagem fantástica que, apesar da situação em que vive, nos mostra como é possível manter a lealdade, o amor, a coragem e o companheirismo, sempre defendendo os seus amigos. Além dele, surgem outras personagens importantes: o Professor, o Sem Pernas, o Boa Vida, o Gato, o Pirulito e a Dora, única rapariga que consegue entrar no grupo e sobre a qual se desenrolam momentos muito emocionantes da história.
Fiquei encantada com a história e a escrita...Ganhei curiosidade em ver o filme produzido em 2011 com base neste livro e que só descobri que existia quando andava à procura de imagens da telenovela com o mesmo nome, em tempos exibida pela RTP.
E aqui vos deixo uma pequena apresentação do mesmo...

Sem comentários :

Enviar um comentário