quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

"O GOSTO AMARGO DA TRAIÇÃO"

Antes de terminar o ano de 2012, conclui uma leitura fantástica, pouco ao género do que costumo ler, mas que me prendeu desde o primeiro capítulo: "O gosto amargo da traição", de Saskia Noort.

Não conhecia a escritora e ganhei este livro num passatempo que decorreu durante algum tempo no facebook da Editorial Presença, no qual tínhamos de juntar amigos e, com isso, adquirir pontos que nos permitirião trocar gratuitamente por livros. Bem, tive de pagar portes de envio, mas a verdade é que consegui 5 novos livros por um preço muito, muito em conta.

Este foi o primeiro que li e adorei.

Num enredo envolto em mistério e intrigas nas relações, página a página vamos conhecendo as personagens e fazendo suposições sobre o que os próximos capítulos nos revelarão.

O livro conta a história de 4 casais amigos, todos novos habitantes de uma aldeia, que se juntam num "grupo de refeições", que partilham momentos agradáveis uns com os outros.
Tudo parece correr bem até que um dos homens do grupo morre num incêndio na sua própria casa, iniciando-se um rol de descobertas que põe em causa a hipótese inicial de suicídio e de tentativa de hominídio da família, que também se encontrava na casa no momento do incêndio, mas que consegue escapar ilesa.
A história é narrada por uma das mulheres de outro casal e mostra-nos uma personagem forte e intrigante, que vai revelando aos poucos a sua personalidade e a dos restantes 7 adultos.

Eu gostei muito de tudo: da história, das personagens, da escrita de Saskia Noort e da forma como me fez abstrair da minha realidade para entrar numa outra.
Fico à espera de descobrir novos livros da autora, que terei todo o prazer em explorar.

Por agora, este livro ganhou asas até casa da minha mana e eu já estou noutras leituras, que se prevêm completamente diferentes. Agora é um livro que me foi emprestado há dias por uma grande amiga e que também já me prendeu nos primeiros capítulos.

Sem comentários :

Enviar um comentário