segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

"NO TEU DESERTO"

Tenho andado a ler Miguel Sousa Tavares, pela primeira vez numa escrita para adultos.
Na escola costumo trabalhar o "Segredo do Rio" e "O Planeta Branco" com as turmas de 3.ºou 4.ºano e conseguido trabalhos muito interessantes, pois considero-as duas excelentes obras intanto-juvenis.
A escrita para adultos não conhecia e não tinha muita motivação para conhecer, pois não sou especialmente fã da pessoa que é este escritor, mais mal tratada ainda na minha cabeça desde que disse que os professores "são os inúteis mais bem pagos"...
No entanto, há 3 anos que "No teu deserto" ocupa lugar numa prateleira cá em casa, por coincidência oferecido por um aluno ao meu marido, e arrisquei a experimentar.
Fiquei agradavelmente surpreendida, pela positiva, claro!
Muito a um jeito que também se revela nos livros que conhecia, este livro captou a minha atenção, tendo uma história envolvente de "quase amor" que explica o sub-título "quase um romance" que se vê na capa.
A história conta-nos a relação entre um fotógrafo/jornalista e a sua co-piloto numa viagem pelo deserto do Saara... sem envolver palavras que indicassem amor físico, mas num plano muito espiritual, onde a solidão e o silêncio levam ambos por caminhos desconhecidos e imprevistos de autoconhecimento e profundidade.
Gostei bastante e fiquei com votade que houvesse um segundo volume, onde a história se prolongasse.
Fez-me pensar em como é, também para mim, muito mais difícil viver calada e só, mas também como, mesmo assim, já o faço com mais facilidade e com menos medo de estar comigo mesma...

Sem comentários :

Enviar um comentário