segunda-feira, 26 de novembro de 2012

SAÍDA A QUATRO...

Há muito que os meninos me pediam para ir para casa dos avós. Adoram lá estar! Gostam dos mimos e das brincadeiras, da alegria e do companheirismo, de estar à vontade noutro espaço que também é deles, de ter a atenção dos "cotas" só para eles ou para partilhar com os primos.
Eu, cujo único egoismo na vida é mesmo o de os ter mais para mim (confesso, pronto!), não lhes dou tantas possibilidades de estar com os avós como deveria... E deveria mesmo, porque adoram e só lhes faz bem (a netos e avós) e também nós pais precisamos de espaço e tempo para namorar, estar com os amigos, fazer coisas de adultos ou, simplesmente, conversar até às 11h da manhã, sozinhos na cama.
E já vou abrindo mais espaço para que os meus meninos partilhem tempos com outros familiares, que já pedem (melhor, exigem!) e já entendo que não sou "menos mãe" por isso. Melhor, percebo que sou melhor mãe e melhor pessoa quando respeito o meu próprio espaço e necessidades (e os deles, claro!).

Isto tudo para contar que este fim de semana os meninos estiveram umas horas valentes nos meus pais e eu aproveitei para sair com o meu homem, a minha mana e o meu cunhado.
A verdade é que não precisamos de grandes planos para estarmos bem os quatro juntos, mas este sábado até tínhamos.
Para começar, jantarinho no Rodízio de Pizzas, comprado muito em conta no Odisseias, que gastronomicamente nos desiludiu um pouco, mas que deu para mais de 3 horas de conversa e muitas gargalhadas (com as voltas para encontrar o restaurante e, depois, as maluqueiras ditas quando a meia-noite se aproxima e andamos à procura de estacionamento em plena avenida da Liberdade).



Depois, bons momentos no Hard Rock Café, onde, como já ouvi várias vezes, há mais pop do que rock, mas sempre dá para estar onde não há só miúdos (LOLOL) e o ambiente é propício a descontrair e abanar o pezinho. Fomos para ver a exposição "The Art of Hard Rock", que conta com obras originais feitas por importantes artistas da música rock internacional, entre os quais Michael Jackson, que a minha mana e o meu filhote adoram. No entanto, acabámos por ficar mais um pouco, aproveitando o som e o ambiente.

Foi bom perceber que ainda conseguimos ser o casal-metade... sempre prontos a alinhar nas doidices uns dos outros, para ir atrás de sonhos e não só para dar uma mãozinha nas rotinas e nas obrigações.
É bom estar com alguém que nos conhece, nos aceita mesmo quando não estamos no caminho que preferem, que respeita a nossa opinião, mesmo quando é diferente da sua, que pode discutir connosco (mais ou menos acesamente), mas que o faz porque se preocupa, porque nos quer felizes e quer estar perto.

Obrigada mana e cunhado por terem sido uma ótima companhia!

2 comentários :

  1. Obrigado eu, por me terem acompanhado num sábado diferente, especial. Fiquei já com água na boca para o próximo. E desta vez não estarei indisposta, prometo! Beijinhos. Adoro-vos!

    ResponderEliminar
  2. E sabe tão bem sair da rotina, não é???

    ResponderEliminar