domingo, 14 de outubro de 2012

NÃO CRUZAR OS BRAÇOS PERANTE A CRISE...

A crise bateu à porta de todos nós.

Não me debruçarei sobre os principais causadores, pois tenho uma opinião muito própria sobre a gestão de ganhos e gastos da população e dos políticos, que me faz não conseguir escolher um candidato à forca nem ao pedestal. (Nem sei o que fazer quando tiver de votar de novo!)
Sei que as coisas estão difíceis e sinto que há duas coisas que temos de fazer, qualquer que seja o nosso nível de vida ou opinião social e política:
- Manifestarmos a nossa discordância com o que está mal…
- Reduzir o custo de vida…

Cá por casa, há também ajustes que têm de ser feitos, sendo que alguns deles já estamos a pôr em prática há algum tempo.

DESPESAS FIXAS:
- Manter aparelhos elétricos desligados e luzes apagadas quando não são usados;
- Renegociar contrato com ZON ou aderir a novo operador;
- Usar a água inicial do duche para regar a horta de varanda e as plantas;
- Lavar a roupa e passar a ferro à noite e aos fins-de-semana;
- Tomar duches mais rápidos;
- Juntar mensalmente um valor fixo para as despesas anuais (seguro dos carros, IMI, seguro da casa…).

ROUPA:
- Aproveitar os saldos para comprar peças novas para a estação/ano seguinte;
- Comprar menos roupa e pedir que nos ofereçam como presente;
- Aproveitar/comprar roupa em 2ªmão (há sites com bons produtos e bastante acessíveis);
- Arranjar ou mandar arranjar algumas peças que ainda ficam boas com esses arranjos.

COMIDA/SUPERMERCADO:
- Usar os vales de compras que recebermos e compensarem;
- Escolher produtos mais baratos (atendendo não ao valor do produto, mas ao preço por kg ou por litro);
- Aproveitar as promoções (pague 1, leve 2…);
- Usar mais marcas brancas (que comprovemos que são de qualidade);
- Usar o saldo do cartão Continente (e respetivas promoções) e da Modalfa, mutuamente;
- Nunca desperdiçar comida: fazer refeições de restos (quando são muitos) e levar almoço para o emprego;
- Fazer sempre sopa, usando legumes comprados no PROVE , alguns vindos do monte dos sogros e outros da horta de varanda;
- Listar o existente na arca e, quando compro carne e peixe, fazer ementas usando ao máximo o que já está comprado;
- Aproveitar as frutas que já estão “tocadas” e fazer saladas de frutas ou congelá-las para doce ou para sumo de fruta;
- Ter sempre fatias de bolo caseiro congeladas, para os lanches dos miúdos, para evitar comprar bolachas e outros snacks;
- No lanche da tarde, que é quase sempre caseiro, usar mais leite no copo em vez de pacote;
- Evitar comer fora ou comprar em take-away;
- Fazer em casa alguns dos produtos que antes comprava, rentabilizando a Bimby: compostas, sumos, pão, massas…

LAZER:
- Aproveitar mais o fim de semana para descansar e pôr as coisas da casa, da roupa e da escola em ordem, saindo menos;
- Ir menos ao cinema e ver mais filmes em casa;
- Aproveitar as promoções nos bilhetes de espetáculos (sites próprios destas promoções que enviam newsletters);
- Ir mais a concertos/festas/espetáculos gratuitos;
- Concorrer a passatempos em blogues e facebook para ganhar alguns produtos e não ter de os comprar;
- Recuperar o hábito da leitura, emprestando e pedindo livros emprestados, usando bem o site da Winkingbooks, indo à Biblioteca Municipal, lendo obras que temos em prateleiras e ainda não foram lidas, etc;
- Readquirir passatempos mais caseiros: trazer amigos dos filhos e sobrinhos para brincar cá em casa, convidar amigos/familiares para estar connosco (adultos), fazer jogos com os miúdos, andar de bicicleta, jogar wii, fazer artes plásticas, ouvir música…
- Passear a pé nas terras mais próximas;
- Aproveitar as manhãs de domingo quando queremos ir a um museu;
- Pagar apenas uma atividade extracurricular a cada filho;
- Envolver os miúdos no pagamento de extras com o seu próprio dinheiro (ganho de prendas e de semanada).

Se tiverem ideias, digam, por favor, pois quero que tudo isto se torne um hábito cá por casa e estas listas podem (e devem) ir sendo atualizadas.

2 comentários :

  1. Olá Marisa!! Para além do que dizes aqui há mais 2 ou 3 coisas q tenho posto em prática, por ex.
    -Fazer máquinas da roupa a baixa temperatura e com carga máxima, gasta-se mt menos....(dá para fazer simulação no site da edp) é uma gd diferença o gasto de uma lavagem a 60ºC e a 30ºC
    -a máq. da loiça mt bem arrumada, sem panelas nem peças gds, essas lavo-as à mão, pois ocupam mt espaço.
    -Nas casas de banho tenho garrafas de água cheias dentro dos autoculismos, é menos essa água q gasto a cada descarga.
    -Aquecer a água da sopa, massas, arroz e outros num termo elétrico, é mt mais rápido do que a panela estar cheia de água ao lume até q ferva...
    Agora não me lembro de mais mas vou pensar melhor no assunto e dp volto cá!!! Beijinho
    Espero q alguma ideia tenha sido útil!!

    ResponderEliminar
  2. Obrigada Andreia! Acho que vou adicionar aqui algumas das tuas ideias. Realmente algumas tb já faço e nem dou conta, mas vou adaptar!
    Mil beijocas

    ResponderEliminar