sexta-feira, 28 de setembro de 2012

DE BLUSA A LENÇO

As minhas gatas são umas malandras... se me descuido, põem-se a brincar com as peças de roupa que estão estendidas e fazem disparates.
Num dos"acidentes" resultante destas brincadeiras, deixaram umas quantas unhadas numa camisola (top) de que eu gostava bastante. Fiquei com muita pena e zanguei-me com elas.
Ainda tentei disfarçar os furinhos. Ainda aguentaram mais umas saídas, mas, com as lavagens, foram aumentando e não me sentia bem, mas também não queria desfazer-me da blusa....

Fui guardando a dita cuja, até que descobri um link, numa página do facebook, que mostrava como transformar uma blusa num lenço (e viva a partilha de ideias!):

 

Hoje, com o maridão por perto a dar-me "coragem" e uma ajudinha (juntamante com a princesa, que está sempre pronta), ganhei coragem e fui tentar pôr a ideia em prática, mentalizando-me que, se corresse mal, a blusa também já estava praticamente inutilizada.

Colocámos a blusa em cima da mesa grande da sala e demos o primeiro corte.


 
O que me veio logo à cabeça foi: "Tenho de aproveitar as flores, pois gosto tanto delas". Então, enquanto fazíamos (eu e ele) uns cortes valentes no tecido, de maneira a parecer tipo franjas, dei a tesoura pequena à Matilde e ela descoseu as duas, com muito jeitinho.
 

 
 
Depois dos muitos cortes, experimentei e, confesso, não gostei. Nem eu, nem eles. A camisola era muito larga e ficava enorme. Os cortes estavam curtos. O que fazer? Não desistir. (Eu, pelo menos!)
Prolonguei os cortes, retirei as costas da camisola, uni as 2 costuras e já gostei mais. Experimentei e vi ao espelho e fiquei mais contente. Faltava só coser as tais flores e foi o que fiz de seguida. Por fim, enrolámos as ditas franjas, para ficarem mais torcidinhas, e ajeitámos ao pescoço.
 
E como o novo lenço não combinava nada com a camisa de dormir que tinha vestida, fui à procura de algo a combinar, para servir de modelo à foto. Encontrei um top roxo e descobri a combinação que mais me agradava. Agora só preciso encontrar uma blusa simples e básica, mais ou menos da cor do top, de manga comprida, para poder estrear esta minha aventura no mundo da costura.
 
Ficou com um ar caseiro, mas descontraído e fora do comum. Isso agradou-me! E como gosto de lenços quando o tempo começa a aquecer!
 

1 comentário :