terça-feira, 11 de setembro de 2012

APARELHO NOS DENTES

O meu filhote hoje anda aflito.
Mal come, prefere líquidos para não mastigar que magoa, anda queixoso dos dentes e farta-se de morder a bochecha.
Isto tudo porque foi fazer a revisão do aparelho nos dentes do maxilar superior e veio mais acompanhado. Parece que só falta um canino nesta saga da dentadura!

Tudo começou quando me disseram que a minha criança mais velha não tinha espaço na boca para todos os dentes.. sim, já tinha notado que um imenso segundo incisivo crescia no local errado, mas não pensei que, aos 8 anos, já precisasse de aparelho. (Se bem que o rapaz começou cedo com os definitivos: aos 4 anos caiu o primeiro e já um novo espreitava.)

No primeiro RX após a desconfiança, foram visíveis vários dentinhos definitivos já a nascer e os outros para cair e a médica achou melhor "dar uma ajudinha" àquele que não caia. E num instante ficou sem 3 e mais espaço.

Mas o céu da boca precisava de uma ajudinha e começámos a história dos aparelhos com um expansor palatino que esteve com o Simão alguns meses e que foi deixando a boca do meu amorzinho cada vez mais linda.
O resultado foi muito bom, quer a nível ósseo do maxilar, quer respiratório e, depois de tirar mais dois malandreco que não deixavam passar os apressadinhos, começou a usar aparelho dentário superior apenas com 6 brackets metálicos, um aro (fino) e elásticos azul-turquesa.

Não posso dizer que não tenho um fortalhaço em casa, pois nestes anos sempre se portou lindamente na cadeira do dentista, até mesmo quando levou anestesia. Mas há sempre um incómodo inicial, uma adaptação ao que pode ou não comer, um desconforto em algumas situações.

Mas, praticamente sem queixas, hoje saiu do dentista com cores novas e o aparelho já em todos os dentes, à exceção de um canino, que não consegue nascer porque continua sem espaço.
Só que hoje estamos em primeiro dia de adaptação e dói. E parece que, desta vez, há uma previsão de 2/3 dias de maior incómodo e eu fico logo com vontade de lhe arrancar tudo da boca para que não sofra e não jante apenas iogurtes líquidos. E penso logo com o coração: "Será que faço mesmo bem e que vale a pena?".
Racionalmente sei que sim. Porque vai ficar com os dentes saudáveis e lindos. Mas custa. Mais a ele do que a mim? Ou será ao contrário?
Hoje nem tenho coragem de o mandar para a cama e vou deixá-lo adormecer no sofá!

1 comentário :

  1. Coitadinho! Por essas e por outras dos dentistas é que hoje tenho uma boca horrivel, mas enfim... Beijinhos principe, és o meu principe valente!!!

    ResponderEliminar