sexta-feira, 31 de agosto de 2012

PRIMEIRO CABAZ "PROVE"

Quem me conhece um pouco sabe que gosto cada vez mais de produtos agrícolas biológicos.
Porque são mais saudáveis...
Porque são naturais...
Porque têm um sabor verdadeiro...
Porque acredito nos pressupostos ligados à agricultura biológica...
Porque a sustentabilidade é uma prova de proatividade e é o nosso futuro...

No entanto, há muito a ideia de que os produtos biológicos são mais caros, o que não é totamente verdade. Se formos comparar os biológicos no super ou hipermercado com outros não biológicos, confirmamos esta ideia. Mas há outras formas de chegar até eles, sem recorrer às grandes superfícies comerciais. Muitas vezes ficamos com ideia de que os melhores são os das mercearias locais e mercados. Às vezes é verdade, outras nem por isso. Depende, mesmo, do sítio de onde vêm, do local de origem desses produtos.
Os produtos biológicos estão certificados e não é qualquer agricultor que tem direito a esta certificação.

Confesso que, apesar de todos estes meus "ideais", não andava a comprar produtos biológicos, sendo que apenas comia destes quando os meus sogros faziam colheitas lá no monte ou, em pequeníssima escala, quando nascia algo na minha horta de varanda. Mas tenho andado atrás deles, à procura, a escolher onde comprar e a tentar mudar hábitos de consumo...

Já encontrei uma forma e foi uma amiga artesã, que conheci através da sua arte no facebook (MARIA CACHUCHA), a Maria João, quem me apresentou a PROVE, uma associação de agricultores que vende e promove produtos biológicos, saudáveis e "da época".

Esta rede de produtores agrícolas está muito bem organizada e conseguimos facilmente ter acesso a frutas e legumes mais perto do que imaginamos. Assim, registei-me no site, escolhi a localidade onde me dava jeito ir buscar os produtos e selecionei alguns que não consumo. Depois, a associação trata de me fazer um "cesto" com vários produtos da época, pelo preço de 10€, e vou buscá-lo de 15 em 15 dias ao local marcado. Se quiser completar o cesto, posso adquirir mais produtos, conforme os disponíveis nas hortas dos agricultores locais.

Hoje fui buscar o meu primeiro cesto "Prove"...



O cesto trazia: brócolos, couve-flor, pimentos, tomates, batatas, alface, peras, pêssegos, feijão-verde, cenouras, cebolas, alho-francês, courgete, coentros... comprei mais um melão e um saco de feijão-verde e ofereceram-me funcho. Paguei 12,50€.

Vim satisfeita e agora vou tratar dos legumes, para nada se desperdiçar. Precisava de mais fruta, mas já percebi que, na próxima, tenho de comprar mais fruta à parte e ir mais cedo do que fui hoje.

Alguém ficou a pensar nisto? A morada do site está acima em link, mas também podem consultar a página do facebook aqui.

1 comentário :