sexta-feira, 10 de agosto de 2012

PARA CONSERVAR E USAR...

Ontem chegaram as compras online (do Continente) e, com elas, alguns presentes oferecidos pela marca: 1 embalagem de detergente para a loiça, 1 caixa de cereais com frutos secos, 1 lata de ice-tea de chá verde e 1 amostra de detergente para a roupa.

Mas mais importante do que isso, chegou o açúcar que esperava para fazer doce e aproveitar os tomates da horta dos meus sogros que ainda tinha cá em casa.
Assim, a minha amiga Bimby (com uma ajuda minha) lá preparou mais um doce (ou compota) delicioso, modéstia à parte, mais uma vez recorrendo às minhas experiências malucas.

Desta vez, usei 1 kg de tomate limpo, depois de ter tirado as peles e as grainhas. Depois, juntei 800 gr de açúcar (menos do que costumo usar), erva doce e 2 cálices de vinho moscatel de Setúbal. Depois de moer tudo durante 1 min. na velocidade 5, a Bimby trabalhou a 100ºC durante 60 min (Vel. 1). Passado este tempo, experimentei o doce e achei-o ainda muito líquido, pelo que liguei a minha amiga durante mais 30 min, à mesma velocidade e temperatura. No fim, para apurar e evaporar o álcool, cozinhou mais 20 min, à mesma velocidade, mas na temperatura Varoma (retirei a tampa e coloquei o cesto por cima, para não espirrar mas deixar sair o vapor.

Deu para 3 frascos e para uma tacinha cujo doce comemos em pão e tostas ao lanche.
Está muito delicioso. O sabor dado pelo moscatel e pele erva doce (que é o que se vê a boiar nos frascos) dá um toque diferente ao doce e digamos que "requintado".

Enquanto o doce fazia, e seguindo a ideia que tirei do blogue "Nana pinho em cores", experimentei a congelar em azeite algumas ervas e temperos da minha horta de varanda, para usar mais tarde em algumas receitas.
Se resultar, quando tiver mais ervas aromáticas aproveitá-las-ei bem melhor.
Por agora ficou apenas a experiência e uns cilindros que tirei da forma (após umas horas a congelar) e voltei a guardar mas dentro de um saco plástico.
Realmente será uma boa maneira de aproveitar quando os vasos se enchem e, na altura, não dou despacho às ervas. Também tenho de procurar algumas no monte dos sogros...

1 comentário :

  1. Que bom doce de tomate, deve estar uma delicia!!! Beijinhos princesa!

    ResponderEliminar