terça-feira, 31 de julho de 2012

DISCUSSÕES...

Estamos de férias e as coisas estão a correr muito bem.
Por enquanto somos 2 manas e suas famílias, em breve estaremos os 3 manos, pela primeira vez, em férias juntos com as nossas famílias "nucleares". Como dizia ontem ao caçula, dia 2 já estarão juntos os "11 fantásticos"!
Na verdade, há muita coisa que quero contar sobre estes dias (e estou a registá-las para outra postagem), mas hoje apetece-me desabafar sobre discussões entre outros irmãos: os meus filhos.
Sei que é (mais ou menos) normal os irmãos discutirem, que é normal querem ambos a atenção dos pais, que o facto de serem um rapaz e uma rapariga não facilita algumas situações e que terem ambos uma personalidade forte (para além de teimosia, pois claro!) compromete a relação... mas BOLAS!!!!

Estou cansada de intervir e de não intervir... de ouvir e conversar, de ouvir e ralhar e de ouvir e tapar os ouvidos... de dar razão ora a um ora a outro, por dentro ou para fora, de promover brincadeiras para tentar aproximá-lo, de sair ou estar sozinha com um para perceberem como são únicos e igualmente importantes... de explicar como é importante respeitarem-se mutuamente e aceitarem as diferenças, aproveitando o que têm em comum... mas se há coisa má nas férias é esta onda de provocar, de discutir, de implicar, de ver quem tem razão ou quem foi o primeiro... esta constante competição que, às vezes, parece não ter solução.

Isto passa, eu sei. Mas não me lembro de ser assim com os meus irmãos. E custa-me muito ouvir as duas pessoas que mais amo no mundo nestas constantes "lutas" de palavras ou (não sei se pior se melhor) silêncios...Custa-me e pronto!!!
Queria tanto vê-los mais vezes assim:


Que saudades!!
Mas também me lembro de vê-lo a passar à frente da câmara quando tentávamos filmar alguns dos primeiros passos da irmã ou de ela fazer birra por querer fazer algo que ainda não é para a sua idade...

É TÃO bom quando estão amigos!

1 comentário :

  1. Susana Marques Andrade2 de agosto de 2012 às 16:22

    O meu irmão e eu éramos o cão e o gato... até houve um dia um episódio com um portão que bateu na minha cabeça e me fez um galoooo... mas hoje em dia somos os melhores amigos. Confio nele sem dúvidas e sei que ele confia em mim. Mas demorámos a chegar aqui. Enfim, valeu a pena. E se tu continuares a ser justa e a dar a atenção que cada um merece podes ter a certeza que eles vão ver isso no futuro!
    Beijinhos, boas férias e paciência... muita!!!

    ResponderEliminar