sábado, 9 de junho de 2012

COISINHAS CASEIRAS 1

Cá em casa andamos mesmo numa de aproveitar o tempo com os miúdos (que sempre foi uma das nossas máximas enquanto casal) e também de aproveitar muita coisa para reutilizar, renovar ou melhor a nossa vida.

Há uns 2 meses atrás, vínhamos nós de carro quase a chegar a casa quando, passando por perto de uns ecopontos, vimos, no chão, uma casinha de bonecas um pouco em mau estado, mas que parecia ter conserto. Provavelmente pertencera a alguma menina que a usara (felizmente) muitas vezes e que acabou por "gastá-la" com o uso.
O meu marido, que se vai ajeitando cada vez mais em bricolage, resolveu logo trazê-la e andou a melhorá-la para dar uma grande alegria à nossa filhota. A casa precisou de alguns encaixes novos, umas marteladelas, uma telhas novas no telhado, uma pintura, algum primor e ficou ÓTIMA para as brincadeiras com as Barriguitas.
Agora está no quarto da minha princesa e tem lá dentro, muito arrumadinho, tudo o que ela já tinha desta coleção, com a qual brinca muito ao faz-de-conta. E nós ficámos com um projeto novo: construir com eles o que falta de mobiliário...




Outra das nossas reutilizações prende-se com algumas frutas e legumes que costumavam estragar-se cá em casa, o que deixou de acontecer.
A fruta é toda comprada, mas nem sempre aguenta o tempo que queremos. Desde que tenho a Bimby, isso já não acontece tanto, poque faço muitos sumos naturais com tudo o que é pedaços de fruta.
Os legumes também smaioritariamente ão comprados, mas, em determinadas alturas, e porque os meus sogros têm um terreno de "agricultura biológica" no alentejo, recebemos alguns e, para além de cozinhar e congelar, comecei também a inventar compotas (ou doces, como quiserem chamar) com tudo o que há cá por casa e deixámos de comprá-los no supermercado.
Neste momento tenho 3 por abrir e 2 abertos, mas já ofereci outros 2.
E com o novo livro que ganhei (imagem ao lado) de certeza que ainda vou aproveitar melhor!


No outro dia, resolvi completar o meu visual com um dos colares de "trapilhos" que tinha cá em casa e que já não usava há muito tempo.
Apesar de não estar um dia muito quente, a verdade é que transpirei bastante e lembrei-me da razão que me levou a colocar 5 colares destes de parte: não gosto de andar com eles.
Então, lembrei-me de um trabalho de artesanato que vi estarem a fazer na Feira de Projetos da Moita e dei aos meus filhos um entretenimento que vai ocupá-los durante algum tempo e que é á um projeto de nós os 3: um tapete de trapilhos.
Comecei por cortar todos os colares em pedaços todos do mesmo tamanho (usando o estojo da Matilde como molde) e juntei-os num saco, Depois, usando um antiderrapante para tapetes, começámos juntos esta nova tarefa, ideal para tirá-los da frente da televisão no fim do dia, que consiste em atar com um nó os trapalhos na rede.
Já terminámos os trapilhos que tínhamos e agora vamos comprar um rolo de outra cor numa loja chinesa e usar outro que a tia Fafá nos vai dar, para encher todo o tapete.
Será que vai ficar giro?



2 comentários :

  1. Vai ficar lindo! E por ser único e especial, não tem preço!

    ResponderEliminar
  2. Amei a ideia e acho que a vou por em pratica! Obrigada...

    ResponderEliminar