terça-feira, 3 de abril de 2012

EU PRÓPRIA

Muitas vezes dou comigo a pensar...
... quem sou eu, afinal?

Não é que não me conheça ou que queira dissertações caras sobre como e quem sou, mas o que há nesta pessoa que sou para além de mãe, filha e irmã, professora, tia e madrinha, amiga, gestora e dona de casa, vizinha...

Há alturas em que, baralhada no meio de tantas funções que a vida me ofereceu, tenho dificuldade em reconhecer a verdadeira Marisa. Procuro-me no meio das gargalhadas dos filhos, dos sucessos dos alunos, das receitas que invento na Bimby, das conversas que tenho com irmãos verdadeiros e emprestados, das roupas acabadinhas de apanhar da corda...

No entanto, conscientemente sei que, nos diferentes momentos da vida, sou simplesmente a Marisa de sempre, por autodefinição coerente e simples, que se adapta a tudo o que é preciso ser para além e com ela própria.

E este é o blogue que me apeteceu criar... porque adoro escrever e porque, já sem necessitar da aprovação dos outros, quero gostar de me reconhecer aqui.

Sem comentários :

Enviar um comentário